sicnot

Perfil

Mundo

Casal Clinton ganha 25 milhões de dólares em discursos

Bill e Hillary Clinton receberam desde janeiro de 2014 mais de 25 milhões de dólares pelos mais de 100 discursos pagos que proferiram nestes 17 meses, referem documentos hoje revelados pela campanha da antiga primeira-dama.

© Jim Young / Reuters

Hillary Clinton, que parte como favorita à corrida democrata para a Casa Branca em 2016, também arrecadou outros cinco milhões de dólares por direitos de autor do seu livro "Hard Choices", publicado em junho do ano passado.

Em 2014, Hillary Clinton foi alvo de duras críticas da imprensa norte-americana depois de ter declarado que, na saída da Casa Branca, o casal estava "arruinado" financeiramente.

No entanto, a afirmação foi feita numa entrevista na residência do casal em Washington, casa decorada com requinte e madeiras preciosas o que contrastava com a imagem que queria passar.

A imprensa norte-americana descreveu, então, Hillary Clinton como uma política endinheirada, que viajava em aviões privados, cobrava mais de 200.000 dólares por cada discurso e ainda se queixa de dificuldades económicas que teve de superar.

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.