sicnot

Perfil

Mundo

Três juízes egípcios mortos a tiro no norte do Sinai

Um grupo de homens armados matou hoje três juízes egípcios e feriu outros dois na província do Norte-Sinai, palco frequente de atentados' jihadistas' que visam as forças de segurança, disseram à AFP fontes policiais e hospitalares.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

O ataque aconteceu poucas horas depois de ser conhecida a sentença de condenação à morte do presidente islamita Mohamed Morsi, que foi deposto pelo exército em julho de 2013.

Os grupos 'jihadistas', que reivindicam normalmente os atentados contra as forças da ordem, dizem atuar como represália contra a sangrenta repressão dos partidários de Morsi, após a sua destituição, e que já provocou mais de 1.400 mortos.

O ataque aconteceu na capital do Norte-Sinai, Al-Arich, quando os atiradores abriram fogo contra o veículo onde seguiam seis juízes, vindos da cidade de Ismaília, perto do canal de Suez, para presidir a audiências em Al-Arich, segundo um responsável da polícia.

Morsi foi hoje condenado à morte na primeira instância, com mais uma centena de acusados, devido às fugas da prisão e atos de violência durante a revolta popular de 2011 contra Hosni Mubarak.

Alguns dos condenados pertencem a movimentos 'jihadistas' com base no Sinai.

O ministro egípcio do Interior decretou o estado de alerta reforçado no país, suspendendo as férias dos polícias até nova ordem.

O Norte-Sinai, no leste do Egito, é o bastião do grupo 'jihadista' Ansar Beit al-Maqdiss que se rebatizou "Província do Sinai" para provar a sua lealdade ao "califado" autoproclamado pelo grupo Estado Islâmico e que abrange parte do Iraque e da Síria.







Lusa
  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".