sicnot

Perfil

Mundo

Marine Le Pen acusa Valls e Sarkozy de hipocrisia na postura face aos migrantes

A líder da Frente Nacional (FN) francesa Marine Le Pen acusou hoje o primeiro-ministro Manuel Valls e o ex-presidente Nicolas Sarkozy de estarem "completamente submetidos" às diretrizes da União Europeia (UE) sobre imigração, acusando-os de hipocrisia.

© Charles Platiau / Reuters

Na opinião da líder da FN, citada pela agência espanhola EFE, Valls e Sarkozy "quiseram dar a sensação, por razões mediáticas e eleitoralistas" de estar em desacordo com a UE a respeito da instauração de quotas de asilo, mas "a base da sua política é mais pró imigração do que nunca".

O primeiro-ministro, segundo Le Pen, "cita uma distribuição mais justa dos estrangeiros que chegam às costas da Europa" e portanto "uma maior carga migratória", enquanto Sarkozy, líder dos conservadores da UMP, "reclama um Schengen 2", o que "implica submeter-se mais à política de zero fronteiras e à imigração massiva".

O plano de ação para a imigração e o asilo apresentado na quarta-feira em Bruxelas prevê quotas obrigatórias para uma repartição equitativa dos refugiados e, em caso de crise, uma transferência dos requerentes de asilo entre os Estados da UE.

O primeiro-ministro, Manuel Valls, afirmou no sábado ser contra a quota de migrantes.

 "Ao apoiar esse sistema europeu, tanto Valls como Sarlkozy, tanto o Partido Socialista como o UMP, são cúmplices da imigração anárquica, pouco importa qual seja o seu discurso perante as câmaras", disse Le Pen em comunicado citado pela EFE.

De acordo com o plano da Comissão Europeia, para lidar com o grande aumento de migrantes ilegais que têm chegado ao território europeu, a distribuição pelos vários Estados-membros deverá ter em conta o Produto Interno Bruto nacional, a população, as taxas de desemprego e número de refugiados já admitidos por cada país.

Le Pen rejeitou "categoricamente" esta posição da UE e pediu a restauração "imediata" das fronteiras nacionais francesas e o congelamento das políticas de asilo, reclamando ainda a suspensão das ajudas sociais aos demandantes de asilo e aos clandestinos "para dissuadi-los" a ir para França.

A recondução à fronteira dos imigrantes ilegais que já se encontram em França e a devolução "sistemática" dos barcos com migrantes aos portos de origem são também reclamações da líder da FN.

A imigração é um tema sensível em França. A extrema-direita, com um discurso eurofóbico e anti-imigrantes, tem crescido eleitoralmente e a oposição de direita pede regularmente a revisão dos acordos de Schengen sobre a livre circulação na UE.





Lusa
  • O tempo para hoje
    0:57

    País

    O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje chuva fraca a norte do sistema Montejunto-Estrela com subidada temperatura mínima. Céu muito nublado ou encoberto, apresentando-se em geral pouco nublado no Baixo Alentejo e no Algarve até meio da manhã. Períodos de chuva fraca ou chuvisco nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, mais frequentes no Minho e Douro Litoral e a partir da tarde.

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.