sicnot

Perfil

Mundo

Airbus vai substituir materiais em quatro mil aviões

A Airbus confirmou esta segunda-feira que vai substituir as sondas de ângulo de ataque de cerca de quatro mil aviões A320 e A330-340, com a entrada em vigor de uma nova norma preparada pela Agência Europeia de Segurança Aérea.

A mudança é justificada pela Airbus com as "muito exigentes" medidas de segurança no setor, e não com um real e eminente perigo nos aviões A320 e A330-340. (Arquivo)

A mudança é justificada pela Airbus com as "muito exigentes" medidas de segurança no setor, e não com um real e eminente perigo nos aviões A320 e A330-340. (Arquivo)

© Marcelo del Pozo / Reuters

A alteração dos materiais em causa surge após um incidente ocorrido a 5 de novembro do ano passado num A321 operado pela Lufthansa que fazia um trajeto entre Bilbau, em Espanha, e Munique, na Alemanha, e teve uma queda súbita de 1200 metros em pleno voo.

"Foi o primeiro incidente em 80 milhões de voos", declarou à agência espanhola Efe um porta-voz da Airbus, que confirmou todavia a informação hoje avançada pelo El País sobre as novas normas preparadas pela Agência Europeia de Segurança Aérea.

Para evitar "potenciais problemas", a instituição, com sede em Colónia, na Alemanha, está a preparar uma nova diretiva que vai forçar à mudança das sondas de ângulo de ataque em aproximadamente quatro mil aviões da Airbus.

O funcionamento errado das sondas em causa faz com que o avião mude automaticamente a sua inclinação, tal como aconteceu na viagem de 5 de novembro.

A mudança é justificada pela Airbus com as "muito exigentes" medidas de segurança no setor, e não com um real e eminente perigo nos aviões A320 e A330-340.

Lusa
  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho