sicnot

Perfil

Mundo

Airbus vai substituir materiais em quatro mil aviões

A Airbus confirmou esta segunda-feira que vai substituir as sondas de ângulo de ataque de cerca de quatro mil aviões A320 e A330-340, com a entrada em vigor de uma nova norma preparada pela Agência Europeia de Segurança Aérea.

A mudança é justificada pela Airbus com as "muito exigentes" medidas de segurança no setor, e não com um real e eminente perigo nos aviões A320 e A330-340. (Arquivo)

A mudança é justificada pela Airbus com as "muito exigentes" medidas de segurança no setor, e não com um real e eminente perigo nos aviões A320 e A330-340. (Arquivo)

© Marcelo del Pozo / Reuters

A alteração dos materiais em causa surge após um incidente ocorrido a 5 de novembro do ano passado num A321 operado pela Lufthansa que fazia um trajeto entre Bilbau, em Espanha, e Munique, na Alemanha, e teve uma queda súbita de 1200 metros em pleno voo.

"Foi o primeiro incidente em 80 milhões de voos", declarou à agência espanhola Efe um porta-voz da Airbus, que confirmou todavia a informação hoje avançada pelo El País sobre as novas normas preparadas pela Agência Europeia de Segurança Aérea.

Para evitar "potenciais problemas", a instituição, com sede em Colónia, na Alemanha, está a preparar uma nova diretiva que vai forçar à mudança das sondas de ângulo de ataque em aproximadamente quatro mil aviões da Airbus.

O funcionamento errado das sondas em causa faz com que o avião mude automaticamente a sua inclinação, tal como aconteceu na viagem de 5 de novembro.

A mudança é justificada pela Airbus com as "muito exigentes" medidas de segurança no setor, e não com um real e eminente perigo nos aviões A320 e A330-340.

Lusa
  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.