sicnot

Perfil

Mundo

Luanda recebe hoje cimeira dos países dos Grandes Lagos, Burundi na agenda

Os chefes de Estado e de Governo dos países da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL) reúnem-se hoje em Luanda numa cimeira extraordinária da organização que vai analisar os conflitos na região, nomeadamente no Burundi. 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© SIPHIWE SIBEKO / Reuters

Angola preside a esta organização africana desde janeiro de 2014 e a cimeira de hoje foi antecedida, também em Luanda, na semana anterior, por reuniões, separadas, das chefias militares, dos ministros da Defesa e dos chefes da Diplomacia dos países da CIRGL. 

 
 

A par dos conflitos que se arrastam no Sudão do Sul e na República Centro-Africana - prioridades do mandato angolano -, a crise político-militar no Burundi, que viveu um golpe de Estado frustrado, será um dos assuntos em cima da mesa na cimeira, com o chefe da Diplomacia angolana, Georges Chikoti, a reconhecer uma crise de "segurança e humanitária". 

 
 

"Milhares de pessoas inocentes deixaram as suas zonas de origem [no Burundi], os seus haveres, e procuram refúgio em zonas mais seguras, em alguns dos nossos países, passando à condição de deslocados internos ou refugiados, passando por vicissitudes de toda a ordem, como a fome, doenças e traumas difíceis de serem superados", disse o ministro das Relações Exteriores de Angola, na sexta-feira, na reunião de preparação (Diplomacia) desta cimeira. 

 
 

O Burundi vive uma crise política iniciada pela designação do atual presidente como candidato a um terceiro mandato a 26 de abril, o que levou a uma tentativa de golpe de Estado, já condenada por países da CIRGL. 

 
 

Os opositores consideram um terceiro mandato anticonstitucional, mas o tribunal que fiscaliza a aplicação da lei fundamental deu razão ao campo governamental. O argumento é que o primeiro mandato do presidente, iniciado em 2005, não conta dado ele ter sido escolhido pelo parlamento e não por sufrágio direto como em 2010. 

 
 

Além de Angola, a CIRGL integra o Burundi, a República do Congo, Quénia, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, Ruanda, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia, Uganda e Zâmbia. 

 
 

A cimeira de chefes de Estado e de Governo decorre hoje nos arredores de Luanda, devendo envolver contactos bilaterais entre os representantes dos vários países.



Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC