sicnot

Perfil

Mundo

Marrocos detém 52 pessoas que procuravam chegar a Espanha a nado

As forças de segurança marroquinas detiveram hoje no norte do país 52 pessoas que pretendiam chegar clandestinamente, a nado, a Espanha, informaram fonte do governo civil de Tanger.

AP

Segundo estas fontes, citadas pela agência noticiosa marroquina MAP, estas 52 pessoas estavam divididas em seis grupos e foram detidas em diferentes pontos da costa do Estreito, que se estende de Tanger até Castillejos, a sul de Ceuta.

Os seis grupos tinham "meios para nadar" e foram detidos graças ao dispositivo de segurança mobilizado para o litoral marroquino, acrescentaram as mesmas fontes. 

No último sábado, as autoridades marroquinas intercetaram cinco embarcações, também na costa do estreito, em que viajavam 93 pessoas. 

Nas últimas semanas, e com a chegada do calor, estão a multiplicar-se as saídas por barco, devido também a que o assalto às valas fronteiriças de Ceuta e Melilla é cada vez mais complicado perante o reforço destas e a cooperação da polícia marroquina no seu controlo. 

Marrocos legalizou em finais de 2014 mais de 17 mil imigrantes, mas esta decisão não reduziu o elevado número de migrantes da África subsariana que consideram Marrocos como ponto de passagem na sua marcha para a Europa. 






Lusa
  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Incêndio em Alfragide deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação em Alfragide, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.