sicnot

Perfil

Mundo

Proposta publicação de emails de Hillary Clinton em janeiro de 2016

O Departamento de Estado dos EUA propôs à Justiça tornar públicos em janeiro de 2016 os emails do período em que Hillary Clinton liderou a diplomacia norte-americana, informou hoje a revista Politico. 

reuters

Trata-se de 55.000 páginas de 'email', correspondentes ao período entre 2009 e 2012, que a ex-secretária de Estado entregou ao Departamento de Estado após a polémica desencadeada pelo uso, durante esses quatro anos, de uma conta pessoal para as suas comunicações, com um servidor privado. 

As mensagens de correio eletrónico estão a ser analisadas por funcionários da diplomacia norte-americana, que os propõe publicar a 15 de janeiro de 2016, apenas duas semanas antes da primeira votação de Hillary Clinton nas primárias democratas, no 'caucus' eleitoral no Iowa, prevista para 01 de fevereiro.

A publicação dos documentos resulta de um pedido feito pelo 'site' Vice News. 

"O Departamento entende o considerável interesse público destes documentos e está a esforçar-se para concluir a sua revisão o mais brevemente possível", disse ao juiz o diretor de Programas de Informação e Serviços do Departamento de Estado, John Hackett, refere a revista Politico.

Hillary Clinton, que parte como favorita a candidata democrata nas eleições de 2016, reconheceu em março que teria sido "mais inteligente" usar uma conta de correio eletrónico oficial e garantiu que unicamente apagou as mensagens que continham comunicações pessoais e não relacionadas com o seu trabalho como secretária de Estado.



  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC