sicnot

Perfil

Mundo

Estado norte-americano do Nebrasca aprova abolição da pena de morte

O Senado do Nebrasca, Estados Unidos, aprovou hoje a abolição da pena de morte, que deverá ser substituída por prisão perpétua, com o número suficiente de votos para neutralizar o veto esperado do governador.

AP

Apesar do apelo do governador republicano Peter Ricketts para ser mantida a pena de morte, a câmara única daquele Estado norte-americano, situado no centro do país, aprovou uma lei para abolir a pena de morte com efeitos retroativos, segundo um comunicado daquela assembleia.

A lei foi aprovada com 32 votos a favor e 15 contra após duas horas de debate, confirmando a votação de 34 votos a favor e 14 contra do passado 17 de abril.

São precisos 30 votos para neutralizar o veto que o governador Ricketts tinha prometido caso a lei fosse aprovada.

O Nebrasca é o 19.º estado dos Estados Unidos a abolir a pena de morte.

Aquele estado norte-americano não executa qualquer condenado desde 1997 e tem 11 pessoas no corredor da morte.

Os condenados à morte passam assim a ver a sua pena ser comutada para a prisão perpétua.










Lusa
  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.