sicnot

Perfil

Mundo

Malásia e Indonésia fornecem abrigo a migrantes à deriva no mar

A Malásia e a Indonésia ofereceram-se hoje para fornecer "abrigo temporário" a milhares de migrantes que continuam bloqueados no Golfo de Bengala, desde que a comunidade internacional ajude a repatriá-los no prazo de um ano.

© Pascal Rossignol / Reuters

"A Indonésia e a Malásia concordaram continuar a fornecer assistência humanitária aos cerca de 7.000 migrantes que continuam no mar", na área do Estreito de malaca, adiantaram o ministro dos Negócios Estrangeiros malaio, Anifah Aman, e o seu homólogo, Retno Marsudi, da Indonésia, numa declaração conjunta após conversações sobre o assunto. 

"Também concordámos em oferecer-lhes abrigo temporário, desde que processo de repatriamento seja feito no espaço de um ano pela comunidade internacional", acrescentaram.

As autoridades calculam que estejam nestas águas cerca de 8.000 migrantes.


Lusa
  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • Portugal é o segundo país da Europa com mais emigrantes
    1:39

    País

    São 2,3 milhões os portugueses que vivem no estrangeiro, ou seja, 22% da população. O último relatório do Observatório da Emigração relativo a 2015 mostra que se manteve o mesmo número de saídas de Portugal para o estrangeiro registadas no pico atingido em 2013: acima das 110 mil por ano. O Reino Unido é o principal país de destino.

  • Descoberta produção de canábis em abrigo nuclear 

    Mundo

    A polícia britânica descobriu, no sul de Inglaterra, um antigo abrigo nuclear subterrâneo adaptado à produção de canábis em grande escala. A operação levou à detenção de cinco homens e um adolescente de 15 anos. Foram também apreendidas milhares de plantas de canábis.

  • Carnaval na Almirante Reis
    2:39

    País

    Lisboa também celebra o Carnaval e esta manhã mais de três mil crianças participaram num desfile pela Avenida Almirante Reis, alunas de escolas públicas e privadas de 24 nacionalidades. Na freguesia de Arroios vivem estrangeiros de 79 nacionalidades.