sicnot

Perfil

Mundo

Vinte e sete concelhos em risco muito elevado de incêndio

Vinte e sete concelhos de nove distritos de Portugal continental apresentam hoje risco muito elevado de incêndio, de acordo com informação disponível na página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na Internet.

(arquivo)

(arquivo)

Lusa (Arquivo)

Segundo o IPMA, em risco muito elevado de incêndio estão os concelhos de Monchique, Portimão, Silves, Loulé e Alcoutim (Faro), Odemira, Barrancos, Portel (Beja), Santiago do Cacém, Grândola (Setúbal), Ponte de Sor, Gavião (Portalegre), Coruche, Chamusca, Abrantes, Mação, Sardoal (Santarém) e Vila de Rei, Sertã, Oleiros (Castelo Branco).


Estão também em risco muito elevado de incêndio os concelhos de Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Castanheira de Pera (Leiria), Pampilhosa da Serra, Oliveira do Hospital, Góis (Coimbra) e Sabugal (Guarda).


O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, variando entre reduzido e máximo.


O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.


A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) registou na terça-feira 80 incêndios que foram combatidos por 1.247 operacionais, com o apoio de 342 veículos.


O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, vento fraco a moderado do quadrante norte, soprando moderado a forte com rajadas até 70 quilómetros por hora, no litoral oeste, em especial durante a tarde, e nas terras altas, em especial durante a noite.


A previsão aponta ainda para uma pequena descida da temperatura mínima e subida da máxima no litoral da região centro.


Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 13 e 22 graus Celsius, no Porto entre 10 e 19, em Vila Real entre 7 e 20, em Bragança entre 6 e 19, na Guarda entre 6 e 17, em Coimbra entre 8 e 22, em Leiria entre 10 e 20, em Castelo Branco entre 12 e 25, em Portalegre entre 13 e 25, em Évora entre 10 e 27, em Beja entre 12 e 29, em Faro entre 15 e 27, em Setúbal entre 13 e 24 e em Santarém entre 11 e 24.


Lusa
  • "Espero que num prazo muito breve seja tudo esclarecido"
    1:34

    País

    O ministro do Trabalho e da Segurança Social disse hoje que é preciso aguardar pelo resultado da inspeção que está a ser feita às contas da associação Raríssimas. Vieira da Silva espera que tudo seja esclarecido o mais rapidamente possível.

  • As contradições do (ainda) secretário de Estado da Saúde
    1:58

    País

    Antes do pedido de demissão, o secretário de Estado da Saúde foi, na tarde de terça-feira, confrontado com uma série de novos documentos pela reportagem da TVI. Manuel Delgado é confrontado com uma série de acusações e entra, várias vezes, em contradição.

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.