sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 462 mortos em ofensiva do EI em Palmira e a leste de Homs

Pelo menos 462 pessoas morreram durante a ofensiva iniciada há uma semana pelo grupo extremista Estado Islâmico contra a cidade histórica de Palmira e outras zonas do leste da província central síria de Homs, informou hoje o OSDH.  

© Omar Sanadiki / Reuters

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), entre as vítimas mortais há 71 civis, incluindo 12 menores, dos quais 22 morreram pelo impacto direto dos morteiros do autoproclamado Estado Islâmico (EI) e bombardeamentos da aviação do regime.  

 
 

As restantes vítimas foram assassinadas pelos extremistas, incluindo dez pessoas decapitadas em Al Ameriya e Al Sujna, perto de Palmira. 

 
 

Nas fileiras do regime sírio, pelo menos 241 soldados e combatentes pró-governamentais perderem a vida na batalha contra os extremistas. 

 
 

Já o EI sofreu pelo menos 150 baixas durante os combates iniciados a 13 de maio passado. 

 
 

Os jihadistas tomaram o controlo total da cidade antiga de Palmira, cujas ruínas estão incluídas na lista de Património Mundial da agência da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). 

 
 

Após esta conquista, o grupo EI domina mais de metade do território Sírio, cerca de 95.000 quilómetros quadrados, e está presente em nove províncias. 

 
 

A organização radical sunita proclamou no final de junho de 2014 um califado no Iraque e Síria, autoproclamado Estado Islâmico.



Lusa

  • Sismo registado esta manhã na região de Lisboa

    País

    Um sismo foi sentido esta manhã na região da Grande Lisboa. O abalo foi registado às 7h44, com epicentro em Sobral de Monte Agraço e magnitude de 4.3, informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

    Em atualização

  • GNR resgata 45 sírios no mar Egeu
    2:28

    Crise Migratória na Europa

    A Guarda Nacional Republicana já resgatou quase 300 migrantes no mar Egeu, ao largo da Grécia, desde o início de maio. Esta quarta-feira de madrugada, os militares salvaram 45 sírios que tentavam chegar à Grécia numa embarcação de borracha.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.