sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 462 mortos em ofensiva do EI em Palmira e a leste de Homs

Pelo menos 462 pessoas morreram durante a ofensiva iniciada há uma semana pelo grupo extremista Estado Islâmico contra a cidade histórica de Palmira e outras zonas do leste da província central síria de Homs, informou hoje o OSDH.  

© Omar Sanadiki / Reuters

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), entre as vítimas mortais há 71 civis, incluindo 12 menores, dos quais 22 morreram pelo impacto direto dos morteiros do autoproclamado Estado Islâmico (EI) e bombardeamentos da aviação do regime.  

 
 

As restantes vítimas foram assassinadas pelos extremistas, incluindo dez pessoas decapitadas em Al Ameriya e Al Sujna, perto de Palmira. 

 
 

Nas fileiras do regime sírio, pelo menos 241 soldados e combatentes pró-governamentais perderem a vida na batalha contra os extremistas. 

 
 

Já o EI sofreu pelo menos 150 baixas durante os combates iniciados a 13 de maio passado. 

 
 

Os jihadistas tomaram o controlo total da cidade antiga de Palmira, cujas ruínas estão incluídas na lista de Património Mundial da agência da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). 

 
 

Após esta conquista, o grupo EI domina mais de metade do território Sírio, cerca de 95.000 quilómetros quadrados, e está presente em nove províncias. 

 
 

A organização radical sunita proclamou no final de junho de 2014 um califado no Iraque e Síria, autoproclamado Estado Islâmico.



Lusa

  • Défice recua quase 400 milhões de euros em janeiro

    Economia

    O buraco das contas públicas atingiu os 625 milhões de euros no primeiro mês de 2017, segundo os dados da execução orçamental. É uma redução de 397 milhões, quando comparado com o mesmo mês do ano passado.

    Em desenvolvimento

  • "Fiz coisas de que me envergonho"
    2:31
  • Portugal é o segundo país da Europa com mais emigrantes
    1:39

    País

    São 2,3 milhões os portugueses que vivem no estrangeiro, ou seja, 22% da população. O último relatório do Observatório da Emigração relativo a 2015 mostra que se manteve o mesmo número de saídas de Portugal para o estrangeiro registadas no pico atingido em 2013: acima das 110 mil por ano. O Reino Unido é o principal país de destino.

  • Descoberta produção de canábis em abrigo nuclear 

    Mundo

    A polícia britânica descobriu, no sul de Inglaterra, um antigo abrigo nuclear subterrâneo adaptado à produção de canábis em grande escala. A operação levou à detenção de cinco homens e um adolescente de 15 anos. Foram também apreendidas milhares de plantas de canábis.

  • Carnaval na Almirante Reis
    2:39

    País

    Lisboa também celebra o Carnaval e esta manhã mais de três mil crianças participaram num desfile pela Avenida Almirante Reis, alunas de escolas públicas e privadas de 24 nacionalidades. Na freguesia de Arroios vivem estrangeiros de 79 nacionalidades.