sicnot

Perfil

Mundo

Dezenas de detidos nas manifestações contra junta militar na Tailândia

As manifestações contra o golpe de Estado de há um ano na Tailândia terminaram com dezenas de detenções por parte da polícia, em Banguecoque.

RUNGROJ YONGRIT

As manifestações contra o golpe de Estado de há um ano na Tailândia terminaram com dezenas de detenções por parte da polícia, em Banguecoque.

Os manifestantes - na maioria estudantes universitários - saíram à rua para protestar contra as políticas da junta militar responsável pela direção do país, desde que substituiu o Governo, há uma ano, no golpe de Estado.

Os manifestantes formaram um cordão humano, que a polícia tailandesa tentou invadir, dando origem aos confrontos. As imagens captadas mostram vários manifestantes a serem arrastados pela polícia.

A junta militar, que está na direção da Tailândia, tem censurado a comunicação social, limitado o acesso à internet, proibido manifestações e o debate público sobre o futuro do país.
  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.