sicnot

Perfil

Mundo

Dezenas de detidos nas manifestações contra junta militar na Tailândia

As manifestações contra o golpe de Estado de há um ano na Tailândia terminaram com dezenas de detenções por parte da polícia, em Banguecoque.

RUNGROJ YONGRIT

As manifestações contra o golpe de Estado de há um ano na Tailândia terminaram com dezenas de detenções por parte da polícia, em Banguecoque.

Os manifestantes - na maioria estudantes universitários - saíram à rua para protestar contra as políticas da junta militar responsável pela direção do país, desde que substituiu o Governo, há uma ano, no golpe de Estado.

Os manifestantes formaram um cordão humano, que a polícia tailandesa tentou invadir, dando origem aos confrontos. As imagens captadas mostram vários manifestantes a serem arrastados pela polícia.

A junta militar, que está na direção da Tailândia, tem censurado a comunicação social, limitado o acesso à internet, proibido manifestações e o debate público sobre o futuro do país.
  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.