sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 21 mortos em atentado em mesquita na Arábia Saudita

O atentado suicida contra uma mesquita xiita na Arábia Saudita ocorrido hoje e reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico provocou 21 mortos e 81 feridos, disse o Ministério da Saúde saudita.

Lusa

"O atentado terrorista fez 21 mortos e 81 feridos, 12 dos quais em estado crítico", disse um porta-voz do Ministério da Saúde.

O Ministério do Interior saudita referiu que o bombista detonou o cinto de explosivos que levava debaixo da roupa durante a oração do meio-dia de hoje na mesquita da localidade de Al Qadih, na província de Al Qatif.

Os xiitas compõem cerca de 10 por cento da população da Arábia Saudita, predominantemente sunita.

A população xiita acusa as autoridades sunitas do reino árabe de discriminação e marginalização.

Em comunicado divulgado em páginas islâmicas na Internet, o grupo extremista Estado Islâmico afirma que os "soldados do califado" são os responsáveis pelo ataque.

O grupo extremista promete aos xiitas "dias negros" até que os "soldados do Estado Islâmico" controlem a península arábica.

O grupo extremista Estado Islâmico, sunita, odeia a comunidade xiita, que ataca com regularidade, especialmente no Iraque.






Lusa
  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.