sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos entre polícias e civis armados causam 42 mortos no México

Confrontos entre civis armados e agentes da polícia causaram hoje a morte de 42 pessoas, no ocidente do México, uma região que é palco de violência associada ao tráfico de drogas, disse fonte governamental à AFP. 

Lusa

O tiroteio ocorreu durante a manhã no município de Tanhuato, no Estado de Michoacan, e o balanço das mortes - entre civis e polícias - é apenas "preliminar", disse aquela fonte, sob anonimato e sem mais detalhes.

Tanhuato está próximo de Yurecuaro, a cidade onde um antigo líder de vigilantes, que concorria à autarquia, foi morto durante a campanha na semana passada. 

Os agricultores formaram grupos de vigilantes em Michoacan, em 2013, para expulsar o cartel de traficantes designado Cavaleiros Templários, que tem sido enfraquecido com detenções dos seus principais líderes. 

Tanhuato também está próximo da fronteira com o Estado de Jalisco, onde outro cartel de traficantes, o Nova Geração, tem tido confrontos com as forças de segurança, que se têm saldado por vários mortos. 






Lusa
  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49