sicnot

Perfil

Mundo

Líder do Podemos declara "o princípio do fim do bipartidarismo"

O secretário-geral do Podemos, Pablo Iglesias, considerou que os resultados das eleições municipais e autonómicas que decorreram este domingo em Espanha "representam o início do fim do bipartidarismo" no país.

"Esta é uma noite mágica, uma noite histórica em que os resultados apontam para uma mudança em Espanha. Temos muito orgulho e muita honra em ter sido a alavanca desse 'cambio' [mudança] ", disse Pablo Iglesias, numa primeira reação aos resultados das eleições.

"Esta é uma noite mágica, uma noite histórica em que os resultados apontam para uma mudança em Espanha. Temos muito orgulho e muita honra em ter sido a alavanca desse 'cambio' [mudança] ", disse Pablo Iglesias, numa primeira reação aos resultados das eleições.

Emilio Naranjo / Lusa

"Esta é uma noite mágica, uma noite histórica em que os resultados apontam para uma mudança em Espanha. Temos muito orgulho e muita honra em ter sido a alavanca desse 'cambio' [mudança] ", disse Pablo Iglesias, numa primeira reação aos resultados das eleições.

Com a quase totalidade dos votos das municipais escrutinados (as autonómicas são da responsabilidade de cada governo regional), o PP é o partido mais votado, seguido dos socialistas do PSOE, mas ambos perdendo muitos votos face à votação de 2011, em especial para os emergentes Podemos e Ciudadanos. 

Com poucos votos por contar em Madrid, a candidata apoiada pelo Podemos, Manuela Carmena, estava a 30 mil votos de Esperanza Aguirre, a candidata do PP, partido que domina a capital espanhola desde há 24 anos.

"Tal como em muitos outros processos, esta mudança produz-se primeiro nas grandes cidades", disse Iglesias, antes de referir que "esta noite representa o princípio do fim do bipartidarismo" do PP e do PSOE.

Os dois maiores partidos, avaliou Pablo Iglesias, "obtiveram um dos piores resultados da sua história".

"Obviamente, queríamos que o desgaste dos partidos velhos tivesse sido mais rápido, mas assumimos com muito gosto o desafio de ganhar as eleições gerais ao Partido Popular", afirmou o líder do Podemos, numa declaração aos jornalistas sem direito a perguntas.

As eleições gerais (legislativas) em Espanha decorrerão no final do ano, numa data ainda por anunciar por parte do Governo de Mariano Rajoy (PP).

Lusa
  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.