sicnot

Perfil

Mundo

Líder do Podemos declara "o princípio do fim do bipartidarismo"

O secretário-geral do Podemos, Pablo Iglesias, considerou que os resultados das eleições municipais e autonómicas que decorreram este domingo em Espanha "representam o início do fim do bipartidarismo" no país.

"Esta é uma noite mágica, uma noite histórica em que os resultados apontam para uma mudança em Espanha. Temos muito orgulho e muita honra em ter sido a alavanca desse 'cambio' [mudança] ", disse Pablo Iglesias, numa primeira reação aos resultados das eleições.

"Esta é uma noite mágica, uma noite histórica em que os resultados apontam para uma mudança em Espanha. Temos muito orgulho e muita honra em ter sido a alavanca desse 'cambio' [mudança] ", disse Pablo Iglesias, numa primeira reação aos resultados das eleições.

Emilio Naranjo / Lusa

"Esta é uma noite mágica, uma noite histórica em que os resultados apontam para uma mudança em Espanha. Temos muito orgulho e muita honra em ter sido a alavanca desse 'cambio' [mudança] ", disse Pablo Iglesias, numa primeira reação aos resultados das eleições.

Com a quase totalidade dos votos das municipais escrutinados (as autonómicas são da responsabilidade de cada governo regional), o PP é o partido mais votado, seguido dos socialistas do PSOE, mas ambos perdendo muitos votos face à votação de 2011, em especial para os emergentes Podemos e Ciudadanos. 

Com poucos votos por contar em Madrid, a candidata apoiada pelo Podemos, Manuela Carmena, estava a 30 mil votos de Esperanza Aguirre, a candidata do PP, partido que domina a capital espanhola desde há 24 anos.

"Tal como em muitos outros processos, esta mudança produz-se primeiro nas grandes cidades", disse Iglesias, antes de referir que "esta noite representa o princípio do fim do bipartidarismo" do PP e do PSOE.

Os dois maiores partidos, avaliou Pablo Iglesias, "obtiveram um dos piores resultados da sua história".

"Obviamente, queríamos que o desgaste dos partidos velhos tivesse sido mais rápido, mas assumimos com muito gosto o desafio de ganhar as eleições gerais ao Partido Popular", afirmou o líder do Podemos, numa declaração aos jornalistas sem direito a perguntas.

As eleições gerais (legislativas) em Espanha decorrerão no final do ano, numa data ainda por anunciar por parte do Governo de Mariano Rajoy (PP).

Lusa
  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.