sicnot

Perfil

Mundo

Polacos elegem hoje novo Presidente

O chefe de Estado polaco cessante Bronislaw Komorowski, de centro direita, e o seu rival conservador e populista, Andrezj Duda, disputam hoje a presidência da Polónia na segunda volta de um escrutínio com resultado muito incerto. 

© Kacper Pempel / Reuters

Após um início de campanha morno em que Komorowski surgia como grande favorito com mais de 60% das intenções de voto, ocorreu uma viragem surpreendente em 10 de maio quando Duda, candidato designado pelo conservador e eurocético Jaroslaw Kaczynski, garantiu o primeiro lugar na primeira volta com 34,76%, contra 33,77% para o Presidente cessante.  

Segundo politólogos, nas vésperas da segunda e decisiva votação os resultados finais são imprevisíveis.  

"A vitória de um ou outro será à justa, impossível de prever com base nas sondagens", disse na sexta-feira à AFP Stanislaw Mocek, da Academia polaca das ciências. 

Um estudo divulgado também na sexta-feira pelo jornal Polska The Times, realizado entre 18 e 20 de maio e que abrangeu perto de 6.000 pessoas, concede a Duda 51% das intenções de voto e 49% a Komorowski, uma diferença abrangida pela margem de erro. 

Outra recente sondagem do instituto CBOS também concede a vitória a Duda, mas o instituto Millward Brown indica uma tendência inversa. 

Os poderes do chefe de Estado na Polónia são relativamente limitados e os analistas consideram que esta eleição poderá ser um prelúdio para as legislativas que devem decorrer em outubro. 

O partido da oposição conservadora da populista Direito e Justiça (Pis), dirigido por Jaroslaw Kaczynski, e a liberal Plataforma Cívica (PO) surgem lado a lado nas sondagens. 

Lusa
  • Chamas passaram por cima da A23
    1:06

    País

    A A23 esteve cortada ao longo do dia por causa do fumo e das chamas. Em direto para a SIC Notícias, perto das 18h30, os repórteres da SIC presenciaram o momento em que o fogo passou por cima da autoestrada da Beira Interior.

  • Várias povoações evacuadas no concelho de Nisa

    País

    Várias povoações do concelho de Nisa, no distrito de Portalegre, foram esta quarta-feira à noite evacuadas, devido à ameaça do incêndio que lavra no concelho, disse à agência Lusa a presidente do município, Idalina Trindade.

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14