sicnot

Perfil

Mundo

Polacos elegem hoje novo Presidente

O chefe de Estado polaco cessante Bronislaw Komorowski, de centro direita, e o seu rival conservador e populista, Andrezj Duda, disputam hoje a presidência da Polónia na segunda volta de um escrutínio com resultado muito incerto. 

© Kacper Pempel / Reuters

Após um início de campanha morno em que Komorowski surgia como grande favorito com mais de 60% das intenções de voto, ocorreu uma viragem surpreendente em 10 de maio quando Duda, candidato designado pelo conservador e eurocético Jaroslaw Kaczynski, garantiu o primeiro lugar na primeira volta com 34,76%, contra 33,77% para o Presidente cessante.  

Segundo politólogos, nas vésperas da segunda e decisiva votação os resultados finais são imprevisíveis.  

"A vitória de um ou outro será à justa, impossível de prever com base nas sondagens", disse na sexta-feira à AFP Stanislaw Mocek, da Academia polaca das ciências. 

Um estudo divulgado também na sexta-feira pelo jornal Polska The Times, realizado entre 18 e 20 de maio e que abrangeu perto de 6.000 pessoas, concede a Duda 51% das intenções de voto e 49% a Komorowski, uma diferença abrangida pela margem de erro. 

Outra recente sondagem do instituto CBOS também concede a vitória a Duda, mas o instituto Millward Brown indica uma tendência inversa. 

Os poderes do chefe de Estado na Polónia são relativamente limitados e os analistas consideram que esta eleição poderá ser um prelúdio para as legislativas que devem decorrer em outubro. 

O partido da oposição conservadora da populista Direito e Justiça (Pis), dirigido por Jaroslaw Kaczynski, e a liberal Plataforma Cívica (PO) surgem lado a lado nas sondagens. 

Lusa
  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52