sicnot

Perfil

Mundo

ONU critica Nauru por proibir Facebook

As Nações Unidas criticaram hoje a pequena nação de Nauru, no Pacífico, por ter limitado o acesso à Internet, incluindo ao Facebook, e instou o país a acabar com a repressão à liberdade de expressão.

Reuters

Nauru limitou o acesso à Internet na nação de 10 mil pessoas no mês passado, alegando que estava a impedir a pornografia, apesar de também ter bloqueado páginas como o Facebook.

Os líderes da ilha introduziram também leis que os críticos receiam poderem resultar em penas de prisão de sete anos para aqueles que participam em protestos políticos.

O enviado especial das Nações Unidas para questões de liberdade de expressão, David Kaye, acredita que estas mudanças são demasiado amplas e devem ser repelidas.

Num comunicado emitido hoje, Kaye disse que Nauru deve permitir a liberdade de expressão sem gerar receios de perseguição.

"Estas novas leis podem ser usadas para amordaçar as opiniões de dissidentes e dissuadir dos defensores de direitos humanos, jornalistas, estudantes, políticos e membros da sociedade civil", afirmou.

O Facebook é usado como plataforma para opiniões discordantes em Nauru e Kaye acredita que o seu encerramento foi "delineado para prevenir os que buscam asilo e os refugiados no país de obterem informação sobre a sua situação".

Desde 2013 que a Austrália enviou todos os imigrantes que chegaram de barco para centros de detenção para Nauru e Papua Nova Guiné.


  • Jorge Sampaio dá as boas-vindas a 54 estudantes sírios que chegaram esta madrugada a Lisboa
    0:30

    País

    O avião da Força Aérea Portuguesa vindo de Beirute aterrou no Aeroporto Militar Figo Maduro, em Lisboa, às 4h30. Estes estudantes vão, numa primeira fase, frequentar um curso intensivo de português. Depois serão integrados em universidades e politécnicos de Lisboa, no âmbito do programa de bolsas de estudo de emergência para estudantes sírios dirigido por Jorge Sampaio.

  • Carlos César promete reforço da transparência de titulares de cargos políticos
    2:13

    País

    O recém re-eleito presidente do PS apontou reforço da transparência de titulares de cargos políticos como uma das prioridades do partido, no discurso que fez esta mmanhã no congresso socialista. Enquanto isso, à porta do Centro de Exposições da Batalha, lesados do BES esperavam Costa e César para exigir o cumprimento de promessa.

  • "Acabámos com o mito de que é a direita que sabe governar as finanças públicas"
    2:15
  • Conselhos sobre as novas regras de proteção de dados 
    2:08
  • Protestos em Gaza vão continuar promete Hamas
    1:19

    Mundo

    Na fronteira da Faixa de Gaza com Israel, dezenas de palestinianos ficaram feridos noutra sexta-feira de protesto contra o bloqueio israelita. O Hamas que controla o território diz que as manifestações vão continuar apesar da repressão.

  • Jogo é a 3.000 km de Madrid mas em Santiago de Bernabéu está tudo a postos para a festa
    1:49
  • Restaurantes para grávidas, rooftops e uma viagem pelo Douro vinhateiro
    12:58