sicnot

Perfil

Mundo

Austrália manteve grupo de imigrantes detido um mês em alto mar

 As autoridades australianas mantiveram um grupo de vietnamitas em busca de asilo detido em alto mar durante quase um mês, antes de o devolver ao seu país de origem, informa hoje a imprensa local.

Arquivo

Arquivo

Anonymous

O chefe da Operação Fronteiras Soberanas, Andrew Bottrell, disse, perante um comité do Senado, que este grupo de 46 pessoas, incluindo crianças, foi intercetado a 20 de março de 2015 e detido a 18 de abril.

O funcionário explicou que os refugiados foram submetidos a entrevistas pessoais em alto mar e investigados, o que significa que nenhum estava abrangido pelas obrigações de proteção australianas.

No entanto, Bottrell assegurou que os 46 vietnamitas "receberam os mais elevados cuidados médicos, alimentos e alojamento", segundo a emissora ABC.

O secretário do Ministério da Imigração e Proteção de Fronteiras, Michael Pezzullo, indicou que os imigrantes estavam cativos num "barco-prisão".

O Governo australiano tem uma rígida política anti-imigração ilegal que inclui obrigar os barcos a regressarem aos seus pontos de embarque e a colocação dos imigrantes em centros de detenção em terceiros países enquanto se processam os pedidos de asilo.

Se os pedidos forem aceites, os imigrantes são realojados noutro país, fora da Austrália.


  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • O vestido de Jennifer Lawrence que está a dar que falar

    Cultura

    Jennifer Lawrence escolheu um vestido arrojado para usar na sessão fotografia do próximo filme e a internet reagiu. Muitas foram as críticas feitas, que davam conta de uma roupa "demasiado reveladora" para o frio que se fazia sentir em Londres. Mas Jennifer Lawrence não deixou passar, criticando os comentários "sexistas" e "nada feministas".

    SIC

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25