sicnot

Perfil

Mundo

Ex-enviado da ONU pede investigação a funcionários malaios por tráfico humano

O ex-enviado da ONU na Birmânia Razali Ismail pediu hoje que a Malásia inicie uma investigação para descobrir possíveis relações entre funcionários locais e as redes de tráfico humano, escreve hoje a imprensa local. 

Gemunu Amarasinghe

Na segunda-feira as autoridades malaias anunciaram ter encontrado 28 cemitérios clandestinos com 139 valas comuns, onde estão os restos mortais de imigrantes vítimas do tráfico de pessoas, a cerca de 500 metros da fronteira com a Tailândia.

"Algumas das pessoas em uniforme participaram [no crime]. Temos de acabar com isso (...). Este é o momento de lutar e reconhecer este enorme crime transnacional no sudeste asiático", assinalou Razali Ismail, em declarações ao canal Channel News Asia.

Uma equipa de especialistas forenses começou hoje a exumar os corpos encontrados nos campos, os quais, segundo relatórios preliminares, mostram sinais de tortura.

O chefe da polícia nacional malaia, Khalid Abu Bakar, indicou que ainda não se sabe o número exato de cadáveres enterrados nesta zona de selva montanhosa, acreditando-se, no entanto, que sejam cidadãos do Bangladesh e da Birmânia.

  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Nicolás Maduro quer convocar "cimeira mundial de solidariedade"

    Mundo

    O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reiterou este sábado que convocará uma "cimeira mundial de solidariedade" com o país, que permita atenuar a "campanha criminosa" que considera existir contra a Venezuela, cujo Governo está cada vez mais isolado internacionalmente.

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.