sicnot

Perfil

Mundo

Tornado "atípico" mata 13 pessoas em seis segundos no México

Um tornado "atípico" pela sua intensidade causou na segunda-feira pelo menos 13 mortos em Ciudad Acuña, no estado mexicano de Coahuila, onde em apenas seis segundos causou também danos materiais consideráveis, informaram fontes oficiais.

© Stringer Shanghai / Reuters

Além dos mortos, o tornado causou 229 feridos, indicou a Secretaria de Governação do Governo federal.

A instituição emitiu uma declaração de emergência para o município de Acuña, a partir da qual "as autoridades do Governo estatal contam com recursos para responder às necessidades alimentícias, de alojamento e de saúde da população afetada".

Por seu lado, o secretário do Governo de Coahuila, Víctor Zamora, precisou que entre os mortos constam três menores, sendo que outro está desaparecido.

Zamora admitiu que os números podem aumentar já que continuam os trabalhos de remoção de escombros deixados pelo tornado, "atípico" para esta zona do México e que afetou quatro localidades a sudeste de Ciudad Acuña, que faz fronteira com os Estados Unidos.

O funcionário estimou em 750 o número de casas afetadas, das quais 60 a 70 estão destruídas, e em uma centena os veículos atingidos, alguns dos quais encontrados nos telhados de casas.

  • Rui Santos revela novos e-mails que envolvem o Benfica
    1:52

    Desporto

    No programa da SIC Notícias Tempo Extra, Rui Santos revelou esta terça-feira que um blogue associado ao Benfica partilhou informação privilegiada da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) com várias figuras do clube da Luz.

  • O último adeus às vítimas da tragédia de Vila Nova da Rainha
    1:37

    País

    As cerimónias fúnebres das oito vítimas mortais do incêndio na Associação de Vila Nova da Rainha realizaram-se esta terça-feira. Três delas ocorreram em simultâneo na povoação do concelho de Tondela que, no passado sábado, viu a tragédia bater-lhe à porta.

  • Fóssil humano mais antigo encontrado em Portugal entregue ao Museu de Arqueologia
    3:42

    País

    O mais antigo fóssil humano até hoje encontrado em Portugal, o "Crânio da Aroeira", foi entregue no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa. Em 2014, o fóssil foi encontrado pela equipa do arqueólogo João Zilhão perto de Torres Novas e foi restaurado e estudado na Universidade Complutense de Madrid, durante dois anos e meio.

  • De "lambe rabos" a "labrego", a polémica entre Rodolfo Reis e Bruno de Carvalho
    1:30
  • O Futuro Hoje na maior feira eletrónica de consumo do mundo
    5:14