sicnot

Perfil

Mundo

Alunos chineses no estrangeiro querem revelação da "verdade sobre Tiananmen"

Uma dezena de universitários chineses que estudam no estrangeiro desafiaram o Governo chinês com uma carta dirigida aos seus colegas na China em que revelam "a verdade" sobre o massacre de Tiananmen, em 1989.  

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Andy Gao / Reuters

"Considerando os esforços constantes do Governo para encobrir o ocorrido e perseguir os sobreviventes e familiares das vítimas, senti que tinha a responsabilidade moral de elevar a voz e contar a verdade", justificou Gu Yi, aluno na Universidade de Georgia, que escreveu a carta e conseguiu o apoio de 12 alunos nos Estados Unidos e Austrália. 

 
 

A missiva, publicada na Internet, recolhe detalhes sobre o que aconteceu na madrugada de 03 para 04 de junho de 1989, em Pequim, quando o Governo decidiu pôr fim a quase dois meses de protestos pró-democracia na capital e noutros pontos do país através do exército, que saiu para a rua com tanques e disparou contra os manifestantes. 

 
 

O número real de mortos ainda é desconhecido, mas acredita-se que oscila entre as centenas e os milhares, com o Executivo a defender que este é um capítulo encerrado e a negar-se a comentar o assunto. 

 
 

Para surpresa dos autores da carta, o diário oficial Global Times publicou, num editorial, uma resposta à carta em que acusa "forças estrangeiras hostis" de estarem por detrás da iniciativa, gerando o resultado involuntário de dar a conhecer ainda mais a carta. 

 
 

"A sociedade chinesa chegou a um consenso para não debater o incidente de 1989 (...). Numa altura em que a China está a avançar, alguns estão a tentar apropriar-se da história, numa tentativa de dividir a sociedade", lê-se no texto.



Lusa

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.