sicnot

Perfil

Mundo

Estado Islâmico controla aeroporto da cidade de Sirte na Líbia

O grupo radical Estado Islâmico (EI) tomou o controlo do aeroporto da cidade líbia de Sirte após a retirada das forças leais ao governo de Tripoli, revelou hoje um porta-voz do governo citado pela agência France Presse (AFP).

© Anis Mili / Reuters

Mohamed al-Shami, representante da administração de Tripoli - que não é reconhecida pela comunidade internacional -, anunciou que as forças governamentais retiraram do aeroporto na quinta-feira ao final do dia, e que este "caiu nas mãos da organização Estado Islâmico".

De acordo com o porta-voz, os militares retiraram do aeroporto, que inclui a base militar de Gardabiya, para se reorganizarem "como parte de uma operação para segurar" áreas a leste e oeste de Sirte, sendo que será lançado um contra-ataque para recuperar as instalações assim que chegarem reforços.

"Depois de [as forças governamentais] abandonarem o local, militantes do EI entraram na base, que já tinha sido completamente esvaziada de equipamento, exceto um avião militar fora de uso", acrescentou o oficial.

O próprio grupo extremista, numa mensagem publicada na rede social Twitter, confirmou que tomou o controlo total do aeroporto após confrontos com as forças leais ao governo de Tripoli.

Segundo a AFP, esta foi a primeira vez que o ramo do EI na Líbia, que controla a cidade de Derna e pequenas áreas de território ao longo costa nordeste do país, registou um ganho militar semelhante.

Sirte, estratégica pelos poços de petróleo a sul da cidade, tem testemunhado vários meses de conflito esporádico entre aquele grupo, que a controla parcialmente, e a aliança de milícias Fajr Libya (Alvorada Líbia), encarregada por Tripoli de reconquistar a localidade.

O governo de Tripoli alega que o EI se aliou na zona de Sirte a apoiantes do antigo regime de Muammar Kadhafi, natural da cidade.

O ex-líder do país mediterrânico foi derrubado e morto em 2011 depois de oito meses de guerra civil, após a qual a Líbia mergulhou no caos, com numerosos grupos rebeldes veteranos da guerra, fortemente armados, a resistir continuamente às tentativas de construção de um poder central no país e a lutar ocasionalmente entre si.

A Fajr Libya tomou controlo da capital em 2014 e montou um governo e parlamento oposto à administração reconhecida pela comunidade internacional, que se refugiou na cidade de Tikrit, no leste do país junto à fronteira com o Egito.

Lusa
  • "PCP não é força de suporte do Governo"
    2:11

    País

    Ao segundo dia de congresso comunista, ouviu-se o aviso mais forte, até agora, ao PS. João Oliveira, líder parlamentar do partido, diz que o PCP não se diluiu e que não é suporte do Governo. Já Jerónimo de Sousa deixou elogios à excelente geração de jovens que estão na frente política do PCP.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.