sicnot

Perfil

Mundo

Estado Islâmico controla aeroporto da cidade de Sirte na Líbia

O grupo radical Estado Islâmico (EI) tomou o controlo do aeroporto da cidade líbia de Sirte após a retirada das forças leais ao governo de Tripoli, revelou hoje um porta-voz do governo citado pela agência France Presse (AFP).

© Anis Mili / Reuters

Mohamed al-Shami, representante da administração de Tripoli - que não é reconhecida pela comunidade internacional -, anunciou que as forças governamentais retiraram do aeroporto na quinta-feira ao final do dia, e que este "caiu nas mãos da organização Estado Islâmico".

De acordo com o porta-voz, os militares retiraram do aeroporto, que inclui a base militar de Gardabiya, para se reorganizarem "como parte de uma operação para segurar" áreas a leste e oeste de Sirte, sendo que será lançado um contra-ataque para recuperar as instalações assim que chegarem reforços.

"Depois de [as forças governamentais] abandonarem o local, militantes do EI entraram na base, que já tinha sido completamente esvaziada de equipamento, exceto um avião militar fora de uso", acrescentou o oficial.

O próprio grupo extremista, numa mensagem publicada na rede social Twitter, confirmou que tomou o controlo total do aeroporto após confrontos com as forças leais ao governo de Tripoli.

Segundo a AFP, esta foi a primeira vez que o ramo do EI na Líbia, que controla a cidade de Derna e pequenas áreas de território ao longo costa nordeste do país, registou um ganho militar semelhante.

Sirte, estratégica pelos poços de petróleo a sul da cidade, tem testemunhado vários meses de conflito esporádico entre aquele grupo, que a controla parcialmente, e a aliança de milícias Fajr Libya (Alvorada Líbia), encarregada por Tripoli de reconquistar a localidade.

O governo de Tripoli alega que o EI se aliou na zona de Sirte a apoiantes do antigo regime de Muammar Kadhafi, natural da cidade.

O ex-líder do país mediterrânico foi derrubado e morto em 2011 depois de oito meses de guerra civil, após a qual a Líbia mergulhou no caos, com numerosos grupos rebeldes veteranos da guerra, fortemente armados, a resistir continuamente às tentativas de construção de um poder central no país e a lutar ocasionalmente entre si.

A Fajr Libya tomou controlo da capital em 2014 e montou um governo e parlamento oposto à administração reconhecida pela comunidade internacional, que se refugiou na cidade de Tikrit, no leste do país junto à fronteira com o Egito.

Lusa
  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.