sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 170 detidos em protesto de estudantes chilenos que degenerou em violência

Mais de 170 pessoas foram detidas esta quinta-feira no Chile, na manifestação de estudantes que degenerou em violência.

Os estudantes exigem que o Estado financie as propinas através dos impostos e dos recursos naturais do Chile.

Os estudantes exigem que o Estado financie as propinas através dos impostos e dos recursos naturais do Chile.

© Ivan Alvarado / Reuters

Os confrontos com a polícia ganharam força na última noite, com centenas de alunos nas ruas da capital Santiago para exigir mais apoios ao Governo.

A polícia anti-motim foi chamada a proteger o Palácio La Moneda, a sede da Presidência chilena, no centro da capital - transformada em campo de batalha.

Os manifestantes lançaram cocktails molotov à polícia, que respondeu com canhões de água e avançou com 172 detenções.

Os estudantes exigem que o Estado financie as propinas através dos impostos e dos recursos naturais do Chile.

A Presidente socialista, Michelle Bachelet, já tinha prometido avançar com a reforma do sistema educativo e com mais fundos para os alunos mais pobres.
  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14