sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 170 detidos em protesto de estudantes chilenos que degenerou em violência

Mais de 170 pessoas foram detidas esta quinta-feira no Chile, na manifestação de estudantes que degenerou em violência.

Os estudantes exigem que o Estado financie as propinas através dos impostos e dos recursos naturais do Chile.

Os estudantes exigem que o Estado financie as propinas através dos impostos e dos recursos naturais do Chile.

© Ivan Alvarado / Reuters

Os confrontos com a polícia ganharam força na última noite, com centenas de alunos nas ruas da capital Santiago para exigir mais apoios ao Governo.

A polícia anti-motim foi chamada a proteger o Palácio La Moneda, a sede da Presidência chilena, no centro da capital - transformada em campo de batalha.

Os manifestantes lançaram cocktails molotov à polícia, que respondeu com canhões de água e avançou com 172 detenções.

Os estudantes exigem que o Estado financie as propinas através dos impostos e dos recursos naturais do Chile.

A Presidente socialista, Michelle Bachelet, já tinha prometido avançar com a reforma do sistema educativo e com mais fundos para os alunos mais pobres.
  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.