sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 20 mortos em ataque contra autocarros no Paquistão

Pelo menos 20 pessoas morreram hoje quando rebeldes não identificados atacaram dois autocarros na província de Baluchistan, no sudoeste do Paquistão, disseram fontes oficiais.

"Mataram 20 passageiros de dois autocarros e seis ficaram feridos", disse o assistente do comissário da cidade de Mastung, Muhammad Ismael.

Segundo a fonte, os autocarros, que faziam a ligação entre Quetta e Karachi, a segunda cidade mais importante do Paquistão, foram sequestrados na localidade de Mastung, a 50 quilómetros de Quetta.

Depois do ataque, o gabinete do primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, pediu, em comunicado, a detenção dos responsáveis por aquele "horrendo crime".

O ataque ocorreu duas semanas depois de 45 pessoas que seguiam num autocarros para Karachi terem sido assassinadas, num atentado reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Baluchistan é a província mais extensa e menos povoada do Paquistão e faz fronteira com o Afeganistão e o Irão. 

Lusa
  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.