sicnot

Perfil

Mundo

Kerry anula visita a Espanha após queda de bicicleta

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, anulou a visita oficial a Espanha e regressará ainda hoje aos Estados Unidos depois de ter partido o fémur numa queda de bicicleta.

© POOL New / Reuters

Estava previsto que hoje mesmo Kerry e a sua delegação partissem de Genebra em direção a Espanha, onde estava agendada para esta tarde uma reunião com o ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol, José Manuel García Margallo, estando ainda previstos encontros com o rei Felipe VI e com o presidente do governo, Mariano Rajoy.

Na segunda-feira estava previsto viajar para Paris, onde deveria encontrar-se com o homólogo francês, Laurent Fabius, e participar numa reunião ministerial da coligação contra o Estado Islâmico (EI).

John Kerry, que faz 72 anos em dezembro, foi hoje hospitalizado depois de um acidente de bicicleta em Scionzier, França, perto de Chamonix, nos Alpes franceses, que aconteceu cerca das 08:40, hora de Lisboa.

O secretário de Estado norte-americano tinha previsto uma visita de dois dias a Espanha para formalizar um acordo que prevê a instalação de uma base permanente dos EUA em Morón de La Frontera (Sevilha) para intervenções das forças norte-americanas para intervenções no Norte de África e manter contactos com responsáveis oficiais.  


Lusa



  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15