sicnot

Perfil

Mundo

Casa Branca acusa Senado de "irresponsabilidade" por suspensão da vigilância antiterrorismo

A Casa Branca acusou o Senado norte-americano, este domingo, pela falha "irresponsável" ao não evitar uma interrupção das cruciais operações de vigilância antiterrorismo e afirmou esperar que o problema seja rapidamente corrigido.

© Larry Downing / Reuters

"Apelamos ao Senado para que garanta que este lapso (temporal) irresponsável seja tão curto quanto possível", afirmou o porta-voz da Casa Branca Josh Earnest em comunicado.

A câmara alta do Congresso dos Estados Unidos aprovou, esta noite, um projeto de lei que acaba com o controverso programa de recolha massiva de dados dos cidadãos, mas mantém as restantes disposições da Lei Patriota, cuja vigência cessa hoje uma vez não sendo votada a sua continuidade.

Conhecida como a Lei da Liberdade dos Estados Unidos, o texto reuniu os 60 votos necessários para continuar com o processo, cuja derradeira votação deveria acontecer até ao final do dia de hoje, para que as ferramentas de vigilância antiterrorista em vigor não ficassem congeladas com a expiração do diploma.

Porém, o Senado fracassou em terminar o processo a tempo, pelo que a Casa Branca veio apelar para que assegure que a ausência de autorização para a recolha de dados de conversações telefónicas dure o "menos tempo possível".

"Numa matéria tão crucial como a nossa segurança nacional, os senadores devem colocar de lado as suas motivações partidárias e agir rapidamente", acrescentou.

O senador e candidato presidencial Rand Paul ameaçou desde logo atrasar a votação, fazendo uso da palavra de maneira indefinida, para forçar, desta forma, a perda de vigência da lei, a qual tem de ser sancionada pelo Presidente norte-americano, Barack Obama, para entrar em vigor.

Rand Paul opôs-se sempre a que a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA na sua sigla em inglês) utilize este tipo de ferramentas que, no seu entender, viola as liberdades e o direito à privacidade das pessoas.

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que no ano passado instou a uma reforma abrangente do programa de recolha massiva de dados, que foi exposto em 2013 por Edward Snowden, apoia a Lei da Liberdade dos Estados Unidos.

Este diploma, que passou na Câmara dos Representantes este mês, superou um obstáculo processual no domingo, quando o Senado se reuniu numa sessão de emergência na tentativa de evitar um interregno nas operações de segurança nacional.

Este encontro foi marcado somente para abordar a questão da recolha de dados, depois de na semana passada não ter sido alcançado um acordo sobre a lei de vigilância e não terem sido reunidos os apoios necessários para evitar que esta noite expirasse.

A Casa Branca tinha advertido que todos os servidores da NSA que recolhem meta-dados das conversas telefónicas norte-americanas (hora, duração, número marcado) deixariam de funcionar às 00:01 locais (05:01 em Lisboa) se o Senado norte-americano não prolongasse a autorização legal do programa.

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC