sicnot

Perfil

Mundo

Descoberta "nova espécie" humana na Etiópia

Fósseis descobertos na Etiópia desvendaram a existência de um novo hominídeo. A descoberta foi anunciada na revisra "Nature".

Arquivo reuters

Duas mandíbulas e um maxilar com 3,3 e 3,5 milhões de anos foram descobertos na região de Afar, na Etiópia, e provam que a nova espécie viveu na mesma região e na mesma época de Lucy, "Australopithecus afarensis".

De acordo com os investigadores, do Museu de História Natural de Cleveland, Estados Unidos, a descoberta "mostra que havia pelo menos duas espécies de hominídeos contemporâneos na região etíope de Afar a viver entre há 3,3 e 3,5 milhões de anos e é uma confirmação adicional da diversidade taxomónica dos primeiros hominídeos no Leste de África durante a época do Plioceno Médio".

A descoberta da nova espécie, designada pelos investigadores de  "Australopithecus deyiremeda", "eleva o debate em torno da diversidade de hominídeos", dizem os investigadores.
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.