sicnot

Perfil

Mundo

Leão mata turista norte-americana em parque natural na África do Sul

Um leão saltou esta segunda-feira pela janela aberta de um veículo e atacou até à morte uma turista norte-americana num parque natural privado às portas de Joanesburgo, na Áfica do Sul, indicou um responsável local.

A mulher e outro turista norte-americano deslocavam-se pelo parque, situado a nordeste da cidade sul-africana, com as janelas da viatura abertas. (Arquivo)

A mulher e outro turista norte-americano deslocavam-se pelo parque, situado a nordeste da cidade sul-africana, com as janelas da viatura abertas. (Arquivo)

© Charles Platiau / Reuters

"Havia um carro a dirigir-se para a zona dos leões e o leão realmente entrou pela janela e mordeu a senhora", disse Scott Simpson, gestor de operações do internacionalmente conhecido The Lion Park, à Talk Radio 702.

"A ambulância chegou bastante depressa, mas a senhora já tinha morrido", acrescentou.

A mulher e outro turista norte-americano deslocavam-se pelo parque, situado a nordeste da cidade sul-africana, com as janelas da viatura abertas.

O segundo turista também sofreu ferimentos, ao tentar libertar a mulher das garras do leão, noticiou a estação de rádio.
Lusa
  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite