sicnot

Perfil

Mundo

Senador republicano Lindsey Graham candidata-se à Presidência dos EUA

O senador republicano da Carolina do Sul Lindsey Graham apresentou-se esta segunda-feira como candidato às Presidenciais nos Estados Unidos, argumentando ser mais qualificado que qualquer outro candidato em matéria de segurança nacional - incluindo a democrata Hillary Clinton.

Graham, 59 anos, junta-se aos outros oito candidatos do Partido Republicano que já se encontravam na corrida às eleições de 2016, com sondagens a indicarem que será claramente um dos que reúne menos apoios.

Graham, 59 anos, junta-se aos outros oito candidatos do Partido Republicano que já se encontravam na corrida às eleições de 2016, com sondagens a indicarem que será claramente um dos que reúne menos apoios.

© Christopher Aluka Berry / Reuters

Graham, 59 anos, junta-se aos outros oito candidatos do Partido Republicano que já se encontravam na corrida às eleições de 2016, com sondagens a indicarem que será claramente um dos que reúne menos apoios. 

Espera-se ainda que um décimo candidato, Rick Perry, ex-governador do Texas e candidato às primárias de 2012 pelo Partido Republicano, entre na corrida na quinta-feira. 

Evidenciando a sua defesa de uma política externa mais intervencionista, Graham disse perante uma multidão, na cidade de Central, na Carolina do Sul: "Eu quero ser presidente para derrotar os inimigos que estão a tentar matar-nos".  

E sublinhou que tem "mais experiência em segurança nacional que qualquer outro candidato nesta corrida. Isso inclui-te a ti, Hillary", acrescentou.

Clinton, a favorita pelo Partido Democrata, foi secretária de Estado do Governo Obama durante quatro anos, experiência que Graham insistiu ter conduzido a "alguns perigosos erros".

"Todos os dias, as manchetes atestam os fracassos das políticas Obama/Clinton", sustentou Graham, frisando que estas deixaram os norte-americanos "menos seguros". 

O senador republicano, que serviu na Força Aérea dos Estados Unidos durante décadas como reservista, não é o único aspirante a candidato presidencial a defender uma política externa mais intervencionista e musculada.

O senador Marco Rubio está a fazer o mesmo, assim como Jeb Bush, filho e irmão de dois presidentes que é provável que concorra mas ainda não apresentou oficialmente uma candidatura. 

Graham contrasta com o candidato republicano libertário Rand Paul, um senador que cumpre o primeiro mandato e é consideravelmente mais moderado, e cujas objeções levaram, no domingo, ao fim de alguns poderes de vigilância pós-ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

O republicano Lindsey Graham é mais favorável à reforma das leis de imigração que a maioria dos conservadores.

Em 2013, foi um dos quatro republicanos que ajudaram a redigir uma abrangente lei de reforma da imigração que passou no Senado mas chumbou na Câmara dos Representantes.
Lusa
  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.