sicnot

Perfil

Mundo

Centenas de desaparecidos em naufrágio na China

Centenas de desaparecidos em naufrágio na China

Um barco com 458 passageiros naufragou ontem na zona sul do rio Yangzte, na província de Hubei, na China. Pelo menos 13 pessoas foram resgatadas numa operação de salvamento dificultada por ventos e chuvas fortes. De acordo com a cadeia britânica BBC, cinco pessoas morreram e centenas continuam desaparecidas. Cerca de 30 navios estão no local. O primeiro-ministro chinês também se deslocou à zona do naufrágio. O capitão do navio foi uma das pessoas resgatadas. Contou que o acidente terá ocorrido quando o barco foi atingido por ventos de 130 quilómetros por hora e que se afundou no espaço de um ou dois minutos.

A maioria dos passageiros eram turistas idosos de nacionalidade chinesa. As operações de busca vão continuar ao longo do dia. O  Yangtze, também conhecido pelos chineses como Rio Grande, é o maior rio da Ásia e o terceiro maior  do  M undo.
  • Polícia procura condutor da carrinha e outros dois suspeitos
    1:08
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38