sicnot

Perfil

Mundo

Obama apela a Myanmar para acabar com discriminação contra minoria rohingya

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, desafiou Myanmar a acabar com a discriminação contra os rohingya, a minoria muçulmana no coração da crise migratória na Ásia.

reuters

"Uma das coisas mais importantes é acabar com a discriminação das pessoas com base na sua aparência ou nas suas crenças", disse Barack Obama na segunda-feira à noite, numa referência expressa aos rohingyas, passível de suscitar o desagrado das autoridades birmanesas que não reconhecem a minoria étnica.

As dificuldades dos rohingyas, dos quais 1,3 milhões vivem no oeste da Birmânia que nega cidadania à maioria, têm estado em foco nas últimas semanas devido à crise que atinge o sudeste asiático.

Cerca de 3.500 pessoas, principalmente rohingyas ou migrantes económicos oriundos do Bangladesh, chegaram à Tailândia, Malásia e Indonésia, sendo que se teme que milhares de outros estejam ainda a bordo de embarcações à deriva no mar.

Milhares de rohingya têm vivido em campos de deslocados desde 2012 quando uma vaga de violência étnica eclodiu no estado de Rakhine, no oeste da Birmânia.

"Os rohingya têm sido significativamente discriminados e essa é parte da razão pela qual estão a fugir", afirmou Obama, em Washington, num evento com jovens líderes do sudeste asiático.

"Penso que se fosse um rohingya, gostaria de ficar onde nasci. Mas gostaria de ter a certeza de que o meu governo estava a proteger-me e que as pessoas me estavam a tratar de forma justa", afirmou.

É por isso, acrescentou Barack Obama, "que é tão importante, na minha opinião, como parte da transição democrática, levar a sério este assunto sobre a forma como os rohingya são tratados".

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Mariana Mortágua acusa Governo anterior de deixar escapar milhões para offshores
    1:39

    Opinião

    Mariana Mortágua e Adolfo Mesquita estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para mais um Esquerda Direita. Mariana Mortágua acusou o Governo anterior de, por opção ou negligência, ter deixado escapar 10 mil milhões de euros para offshores. Já Adolfo Mesquita Nunes, do CDS-PP, desvalorizou o assunto afirmando que serve apenas para desviar as atenções da questão da Caixa Geral de Depósitos

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.