sicnot

Perfil

Mundo

Obama considera que Israel arrisca-se a perder credibilidade por causa de Netanyahu

O Presidente dos Estados Unidos da América (EUA), em entrevista transmitida hoje na televisão israelita, que Israel arrisca-se a "perder credibilidade", devido às posições do seu primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, sobre a criação do Estado palestiniano. 

© Kevin Lamarque / Reuters

Barack Obama fez o comentário a uma televisão israelita em resposta a uma questão sobre as afirmações de Netanyahu a propósito da criação de um Estado palestiniano, feitas antes e depois das eleições de março passado. 

Netanyahu desencadeou uma vaga de preocupação internacional quando excluiu o estabelecimento de um Estado palestiniano, durante a a a campanha para as eleições de 17 de março, mas mais tarde recuou. 

"O perigo é Israel perder credibilidade", disse Obama, durante a entrevista passada no canal 2, acentuando que "a comunidade internacional já não acredita que Israel esteja com seriedade na questão da solução dos dois Estados". 

No domingo passado, Netanyahu garantiu que estava comprometido com o estabelecimento de um Estado palestiniano, apelando à liderança palestiniana para regressar às conversações, sem condições prévias. 

Porém, Obama afirmou que as declarações de Netanyahu sobre o assunto depois das eleições têm tido "tantas condições, que não é realista pensar que estas alguma vez sejam concretizadas num futuro próximo". 

Para acentuar esta posição, Obama acrescentou: "Penso que é difícil aceitar pelo seu valor facial a declaração feita depois das eleições, que parece apenas um esforço para regressar ao 'status quo', em que se fala sobre paz no abstrato, mas sempre para amanhã, sempre para mais tarde". 

Questionado sobre a continuidade da política dos EUA de vetar na Organização das Nações Unidas (ONU) as resoluções condenatórias de Israel, Obama respondeu que a falta de progressos nas negociações de paz "dificultaria" essa política. 








Lusa
  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47