sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos cinco voos de ou para os EUA receberam hoje ameaças de bomba

Pelo menos cinco voos com origem ou chegada aos Estados Unidos receberam hoje ameaças de bomba, indicaram fontes oficiais norte-americanas, citadas pela estação de televisão NBC. 

© Louis Nastro / Reuters

As mesmas fontes esclareceram, no entanto, que as ameaças não foram consideradas como credíveis pelas autoridades.

Os voos visados pertenciam às companhias norte-americanas US Airways, Delta e United, à transportadora aérea de baixo custo mexicana Volaris e à coreana Korean Air. 

Após ter sido informada destas ameaças, a entidade que controla o espaço aéreo norte-americano, a Federal Aviation Administration (FAA), suspendeu todos os voos da companhia United durante mais de meia hora. A entidade atribuiu a interrupção temporal a "questões de automatização".

Nas últimas duas semanas, mais de uma dezena de voos, a maioria procedente de outros países e com destino aos Estados Unidos, receberam falsas ameaças, segundo o canal norte-americano NBC.

Na passada segunda-feira, o diretor interino da Administração de Segurança de Transportes (Transport Security Administration, TSA), Melvin Carraway, foi afastado do cargo, na sequência de uma investigação interna que revelou diversas falhas de segurança em vários aeroportos norte-americanos.

Investigadores federais simularam ser passageiros comuns e, em 67 das 70 viagens realizadas, conseguiram passar com explosivos falsos e armas proibidas pelos postos de controlo vigiados por agentes da TSA.

Lusa
  • Hospitais vão ser penalizados se não cumprirem tempos de espera
    2:37

    País

    O Ministério da Saúde vai penalizar os hospitais que não cumprem os tempos de espera nas urgências e que tenham taxas elevadas de cesarianas. O novo modelo de financiamento prevê ainda linhas de financiamento próprio para a obesidade e rastreios do cancro do cólon e do colo do útero.

  • Assédio, até onde vai a tolerância?
    35:26