sicnot

Perfil

Mundo

Tribunal adia decisão sobre pena de morte de Morsi

O tribunal egípcio adiou a decisão, agendada para hoje, de condenar à morte o ex-presidente Mohamed Morsi.

© Amr Dalsh / Reuters

A justiça egípcia tinha agendada para hoje, terça-feira, a decisão de condenar, ou não, à morte o ex-presidente Mohamed Morsi.

Desconhecem-se ainda as razões do adiamento. Sabe-se, para já, que a sentença foi agora agendada para o dia 16 de junho.

Qualquer que seja a decisão, Mohamed Morsi poderá contestá-la nos 60 dias seguintes.

O antigo chefe de Estado foi condenado à morte, por ter planeado a fuga de uma cadeia nos arredores do Cairo, na companhia de mais de uma centena de militantes da Irmandade Muçulmana, durante a revolta de 2011.

Derrubado pelos militares em 2013, Morsi tinha sido já condenado em abril a uma primeira pena de 20 anos de prisão pela repressão dos protestos no Cairo em dezembro de 2012.

As autoridades militares, egípcias acusadas da morte de mais de um milhar de apoiantes de Morsi e militantes da Irmandade Muçulmana anunciaram na segunda-feira ter neutralizado uma alegada conspiração terrorista da organização islamita contra várias instituições do país, entre militares, polícias e juízes.
  • Aguardada confirmação do veredito da pena de morte de Morsi

    Mundo

    Um Tribunal do Cairo deve anunciar hoje o veredito do julgamento sobre a pena de morte do ex-Presidente egípcio. Mohamed Morsi é acusado por ter planeado a fuga de uma prisão nos arredores do Cairo, na companhia de mais de uma centena de militantes da Irmandade Muçulmana, durante a revolta de 2011. Derrubado pelos militares em 2013, Morsi tinha sido já condenado em abril a uma primeira pena de 20 anos de prisão. A sentença poderá ainda ser contestada nos próximos 60 dias.

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, um cachalote-pigmeu com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto à margem norte do Rio Tejo. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Em atualização

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.