sicnot

Perfil

Mundo

Polícias de Londres vão ser equipados com câmaras nos uniformes

A Polícia de Londres anunciou hoje que a maioria dos seus agentes será equipada com uma câmara de vídeo colocada no uniforme a partir de março de 2016, para aumentar o nível de "confiança" dos cidadãos na polícia.

© Rick Wilking / Reuters

Citado pela agência espanhola EFE, o comissário-chefe da Polícia Metropolitana de Londres, Bernard Hogan-Howe, assinalou que a medida servirá tanto para "melhorar o escrutínio público" sobre o trabalho policial como para "reunir provas" em casos de infrações ou delitos. 

Segundo a Polícia Metropolitana, desde o ano passado cerca de 1.000 agentes participaram em dez bairros da capital britânica num programa piloto com o mesmo tipo de câmaras, que ajudaram a reduzir as queixas contra os polícias e aumentaram o número de acusados que se declara culpado numa fase inicial dos seus processos. 

"Durante demasiado tempo, o nosso equipamento esteve atrás da tecnologia que praticamente todo o mundo já tem nos bolsos", afirmou o comissário chefe.

As câmaras colocadas nos uniformes permitirão "gravar as difíceis circunstâncias com que os agentes têm que lidar no seu quotidiano e demonstrarão, com maior efetividade, a realidade da polícia" em Londres.

O presidente da câmara da cidade, o conservador Boris Johnson, afirmou que foram encomendadas 20.000 câmaras com uma dimensão de poucos centímetros, para dotar a maior parte dos polícias que patrulham a capital britânica com a tecnologia.

Boris Johnson disse que as câmaras "melhorarão a confiança, ajudarão a polícia a fazer o seu trabalho e permitirão aos cidadãos exigir dos agentes mais responsabilidade".

A Câmara Municipal de Londres detalhou que o plano para introduzir as câmaras será financiado com a venda de edifícios sem utilizar fundos da Polícia.

O projeto começou depois da morte em agosto de 2011 do jovem Mark Duggan por disparos da polícia, o que desencadeou uma onda de distúrbios em Inglaterra.

Nos últimos anos, a Polícia Metropolitana londrina viu-se envolvida noutros casos polémicos, como a morte em 2005 do brasileiro Jean Charles de Menezes, que morreu também por disparos da polícia que o confundiu com um terrorista, e de Ian Tomlinson, que faleceu ao ser empurrado por um polícia ao passar pelo local de uma das manifestações contra a cimeira do G20 em 2009.

Lusa
  • "O euro como o conhecemos é uma construção imperfeita"
    1:26

    Economia

    O primeiro-ministro diz que o euro como o conhecemos é uma construção imperfeita e que sem regras iguais para todos não é possível a reforma da moeda única. As declarações de António Costa foram feitas esta terça-feira, em Lisboa, numa conferência intitulada de "Consolidar o Euro. Promover a Convergência".

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.