sicnot

Perfil

Mundo

Vigília em Hong Kong assinalou 26.º aniversário da repressão na praça Tiananmen

Milhares de pessoas concentraram-se hoje em vigília no Parque Vitória, em Hong Kong, para assinalar o 26.º aniversário da repressão militar na praça de Tiananmen, em Pequim.

EPA

Segundo a organização, cerca de 135.000 corresponderam ao apelo da Aliança de Hong Kong de Apoio aos Movimentos Patrióticos na China, mas a polícia chinesa calcula que apenas 46.000 participaram na vigília, que decorreu sem incidentes.

 Líderes estudantis aproveitaram a ocasião para exigir uma emenda à Lei Fundamental de Hong Kong, para poder instaurar um sistema democrático sem restrições nesta ex-colónia britânica.

O Conselho Legislativo (LegCo) de Hong Kong tem agendado votar, no próximo dia 17, a polémica reforma eleitoral que esteve na origem da chamada "revolução dos guarda-chuvas", que, entre setembro e dezembro de 2014, marcou a vida social e política da agora região Administrativa Especial chinesa de Hong Kong.

A 04 de junho de 1989, o exército chinês interveio contra manifestantes pró-democracia que ocupavam a praça de Tiananmen (cujo nome em chinês significa 'Paz Celestial').

Além de Hong Kong, a Região Administrativa Especial de Macau também assinalou hoje a efeméride, com 500 pessoas concentradas no Largo do Senado.









Lusa
  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Letizia, uma rainha da nova geração
    2:01