sicnot

Perfil

Mundo

Espanhol Luis de Guindos candidata-se à presidência do Eurogrupo

O ministro da Economia espanhol, Luis de Guindos, é candidato à presidência do Eurogrupo, cargo ocupado pelo holandês Jeroen Dijsselbloem, que se recandidata, anunciou esta sexta-feira fonte ministerial espanhola. 

Luis de Guindos

Luis de Guindos

© Francois Lenoir / Reuters

"A Espanha tem apoios entre os parceiros" europeus, disse a mesma fonte. 

Luis de Guindos recebeu o apoio da chanceler alemã, Angela Merkel, no verão de 2014, quando a Espanha esperava que Dijsselbloem deixasse antecipadamente a liderança do Eurogrupo.

Mas o ministro das Finanças holandês não só ficou até ao fim do mandato, no próximo mês de julho, como apresentou hoje a sua candidatura a um segundo mandato.

Dijsselbloem sucedeu em 2013 ao luxemburguês Jean-Claude Juncker à frente do Eurogrupo, que reúne os ministros das Finanças da zona euro. 

A Espanha considera que obter a presidência do Eurogrupo será um reconhecimento "pelo esforço realizado pelo conjunto da sociedade espanhola" para sair da crise "e da mudança alcançada graças a reformas", referiu a mesma fonte.

Em 2014, a Espanha pôs fim a cinco anos de recessão ou de estagnação com um crescimento de 1,4% do Produto Interno Bruto, mas o desemprego ainda está em 23,78%.
Lusa
  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.