sicnot

Perfil

Mundo

Explosão provoca dois mortos e mais de 100 feridos em comício na Turquia

Duas pessoas foram hoje mortas em Diyarbakir, sudeste da Turquia, após duas explosões registadas durante um comício do principal partido pró-curdo e a dois dias das eleições legislativas, anunciou um ministro turco.  

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

De acordo com o ministro da Agricultura, Medhi Eder, citado pela agência noticiosa oficial Anatolia, mais de 100 pessoas também ficaram feridas pelas deflagrações que ocorreram durante a tarde (cerca das 15:00 em Lisboa) numa praça da "capital" do Curdistão curdo num comício do Partido Democrático dos Povos (HDP) e quando o presidente do partido, Selahattin Demirtas, se preparava para discursar perante milhares de pessoas.

As explosões terão ocorrido com três minutos de diferença e segundo os testemunhos alguns dos feridos sangravam abundantemente, alguns em risco de perderem os seus membros. 

A campanha eleitoral para as legislativas de 07 de junho na Turquia ficou assinalada por numerosos incidentes violentos dirigidos sobretudo contra o HDP.  

Na quarta-feira, o motorista de um veículo com as cores do partido foi morto em Bingol (leste) por disparos de origem desconhecida. No mês passado, duas explosões contra as sedes do partido na cidade de Adana e Mersin provocaram vários feridos, enquanto na quinta-feira centenas de nacionalistas irromperam num comício do partido em Erzurum (leste), com um balanço de vários feridos durante os confrontos. 

Os resultados do HDP no escrutínio de domingo estão a concentrar todas as atenções.

Caso consiga ultrapassar a barreira dos 10% dos votos e entrar no parlamento, poderá privar o AKP, o partido islamita-conservador do Presidente Recep Tayyip Erdogan, dos 330 deputados de que necessita para promover uma revisão constitucional e reforçar os poderes presidenciais.

Após assumir a liderança do HDP, Selahattin Demirtas -- que se candidatou às presidenciais de agosto de 2014 obtendo 9,76% dos votos --, optou por tornar o partido não apenas um porta-voz da importante minoria curda da Turquia mas ainda um defensor dos direitos de outras minorias, culturais e sexuais, e adotou um discurso social próximo do partido Syriza na vizinha Grécia, com quem mantém contactos regulares.








Lusa
  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17