sicnot

Perfil

Mundo

Lançamento de teste de "disco voador" da NASA adiado devido a mau tempo

A agência espacial norte-americana (NASA) adiou esta sexta-feira o lançamento de teste de um 'disco voador' devido ao mau tempo.

Segundo fontes da NASA citadas pela agência France Presse (AFP), as razões para o cancelamento do teste do veículo foram as "condições de vento instáveis perto da superfície que iriam impedir o lançamento", estando neste momento a ser avaliada a possibilidade de um próximo lançamento no sábado. (Arquivo)

Segundo fontes da NASA citadas pela agência France Presse (AFP), as razões para o cancelamento do teste do veículo foram as "condições de vento instáveis perto da superfície que iriam impedir o lançamento", estando neste momento a ser avaliada a possibilidade de um próximo lançamento no sábado. (Arquivo)

© Scott Audette / Reuters

Segundo fontes da NASA citadas pela agência France Presse (AFP), as razões para o cancelamento do teste do veículo foram as "condições de vento instáveis perto da superfície que iriam impedir o lançamento", estando neste momento a ser avaliada a possibilidade de um próximo lançamento no sábado.

Se as condições meteorológicas melhorarem, o voo de teste do veículo denominado Desacelerador Supersónico de Baixa Densidade será transmitido ao vivo no site da NASA, a partir das 13:30 horas locais (18:30 horas em Lisboa) de sábado. O veículo, equipado com um para-quedas supersónico, poderá um dia ajudar a aterrar naves espaciais em Marte.

Caso a tentativa de sábado seja também adiada, a agência espacial tem até 12 de junho para tentar novamente. Se devido ao mau tempo nenhuma data em junho for possível, apenas voltarão a poder tentar em julho.
Lusa
  • NASA testa novo paraquedas supersónico

    Mundo

    A agência espacial norte-americana (NASA) planeia experimentar hoje o maior paraquedas alguma vez usado, durante o lançamento de um disco voador que testará novas tecnologias para aterrar em Marte.

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".