sicnot

Perfil

Mundo

Eleições legislativas hoje na Turquia

As assembleias de voto abriram hoje na Turquia para as eleições legislativas, as mais incertas desde 2002, com a possibilidade de o partido islamita AKP perder a maioria absoluta garantida em anteriores escrutínios.

© Umit Bektas / Reuters

Cerca de 54 milhões de eleitores turcos são chamados às urnas, que abriram às 08:00 (06:00 em Lisboa) e encerram às 17:00 (15:00 em Lisboa).

As legislativas assumem um duplo significado, ao serem encaradas como um plebiscito ao Presidente turco e líder do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP), Recep Tayyip Edogan, e aos seus planos para concentrar mais poderes.

Também vão ser dominadas pelo processo de paz com a guerrilha curda, a crescente islamização da sociedade impulsionada pelas autoridades, a recordação dos grandes protestos antigovernamentais da primavera de 2013, a corrupção, o autoritarismo ou o recuo da economia.

As sondagens fornecem ao conservador AKP entre 40% e 42% dos votos (49,8% em 2011, quando Erdogan ainda ocupava o posto de primeiro-ministro), enquanto aos sociais-democratas do Partido Republicano do Povo (CHP) é-lhes atribuído 26% e à direita radical do Partido de Ação Nacionalista (MHP) até 17%.

A grande incógnita reside nos resultados do pró-curdo Partido Democrático dos Povos (HDP), tradicionalmente forte nas regiões do sudeste onde se concentra esta minoria, que se apresenta pela primeira vez às legislativas também para se afirmar com uma alternativa global de esquerda no país.

Mais de 50 mil voluntários, além dos observadores dos partidos e de delegações do Parlamento Europeu e da OSCE, tentam garantir que o processo eleitoral decorre de forma adequada.


Lusa

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50