sicnot

Perfil

Mundo

Família real britânica divulga primeiras fotos da princesa Charlotte

As primeiras fotos da princesa britânica Charlotte foram reveladas este sábado, através do Palácio de Kensigton, residência oficial dos príncipes, em que aparece o príncipe George a segurar e a beijar a irmã.

As fotografias foram tiradas quando Charlotte, nascida no dia 2 de maio, tinha duas semanas, em Anmer Hall, a casa de campo do Príncipe William e da sua mulher Kate.

As fotografias foram tiradas quando Charlotte, nascida no dia 2 de maio, tinha duas semanas, em Anmer Hall, a casa de campo do Príncipe William e da sua mulher Kate.

As três fotografias, tiradas pela mãe Kate Middleton, Duquesa de Cambridge, mostram o príncipe George, de 21 meses, sentado num sofá a segurar a irmã Charlotte.

As fotografias foram tiradas quando Charlotte, nascida no dia 2 de maio, tinha duas semanas, em Anmer Hall, a casa de campo do Príncipe William e da sua mulher Kate.

Apoiado em duas almofadas, Charlotte aparece nas fotografias com um conjunto de malha branco, enquanto o irmão tem uma camisa branca debruada a azul.

As fotografias do príncipe George são raras, já que foram divulgadas poucas e raramente tem sido visto em público.

As primeiras fotografias oficiais do primeiro filho de William e Kate, em casa, depois do nascimento, foram tiradas pelo avô paterno, Michael Middleton.

Entretanto, foi anunciado na sexta-feira que Charlotte será batizada no dia 5 de julho, na mesma igreja onde foi batizada a mãe do príncipe William, Diana.
Lusa
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.