sicnot

Perfil

Mundo

Partido do Presidente turco perde maioria absoluta no Parlamento

O partido islamita AKP não só perdeu a maioria absoluta no Parlamento, como perdeu nove pontos e 71 deputados, segundo a estação de televisão NTV, quando estão contabilizados todos os votos expressos nas eleições legislativas deste domingo. 

O partido AKP, do presidente Recep Tayyip Erdogan (na imagem) obteve 40,8% dos votos, enquanto os sociais-democratas CHP ficaram com 25,1%, os nacionalistas MHP com 16,4% e o partido pró-curdo HDP com 12,9%.

O partido AKP, do presidente Recep Tayyip Erdogan (na imagem) obteve 40,8% dos votos, enquanto os sociais-democratas CHP ficaram com 25,1%, os nacionalistas MHP com 16,4% e o partido pró-curdo HDP com 12,9%.

Lefteris Pitarakis / AP

De acordo com os dados apresentados pela NTV, citada pela agência EFE, o partido AKP, do presidente Recep Tayyip Erdogan obteve 40,8% dos votos, enquanto os sociais-democratas CHP ficaram com 25,1%, os nacionalistas MHP com 16,4% e o partido pró-curdo HDP com 12,9%. 

Com estes dados, significa que no parlamento de Ancara o AKP fica com 255 assentos parlamentares (elegeu 326 em 2011), o CHP com 133 (135 em 2011), o MHP com 82 (53 em 2011) e o HDP com 80 (36 deputados independentes em 2011).

Isto quer dizer que o partido de Recep Tayyip Erdogan, apesar de ter ganhado as eleições, não vai conseguir governar sozinho.

A participação nestas eleições, consideradas como determinantes para o futuro democrático deste país euro-asiático, foi de 86% entre os 54 milhões de turcos com direito a voto.
Com Lusa
  •  Eleições legislativas hoje na Turquia

    Mundo

    As assembleias de voto abriram hoje na Turquia para as eleições legislativas, as mais incertas desde 2002, com a possibilidade de o partido islamita AKP perder a maioria absoluta garantida em anteriores escrutínios.

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.