sicnot

Perfil

Mundo

Partido do Presidente turco perde maioria absoluta no Parlamento

O partido islamita AKP não só perdeu a maioria absoluta no Parlamento, como perdeu nove pontos e 71 deputados, segundo a estação de televisão NTV, quando estão contabilizados todos os votos expressos nas eleições legislativas deste domingo. 

O partido AKP, do presidente Recep Tayyip Erdogan (na imagem) obteve 40,8% dos votos, enquanto os sociais-democratas CHP ficaram com 25,1%, os nacionalistas MHP com 16,4% e o partido pró-curdo HDP com 12,9%.

O partido AKP, do presidente Recep Tayyip Erdogan (na imagem) obteve 40,8% dos votos, enquanto os sociais-democratas CHP ficaram com 25,1%, os nacionalistas MHP com 16,4% e o partido pró-curdo HDP com 12,9%.

Lefteris Pitarakis / AP

De acordo com os dados apresentados pela NTV, citada pela agência EFE, o partido AKP, do presidente Recep Tayyip Erdogan obteve 40,8% dos votos, enquanto os sociais-democratas CHP ficaram com 25,1%, os nacionalistas MHP com 16,4% e o partido pró-curdo HDP com 12,9%. 

Com estes dados, significa que no parlamento de Ancara o AKP fica com 255 assentos parlamentares (elegeu 326 em 2011), o CHP com 133 (135 em 2011), o MHP com 82 (53 em 2011) e o HDP com 80 (36 deputados independentes em 2011).

Isto quer dizer que o partido de Recep Tayyip Erdogan, apesar de ter ganhado as eleições, não vai conseguir governar sozinho.

A participação nestas eleições, consideradas como determinantes para o futuro democrático deste país euro-asiático, foi de 86% entre os 54 milhões de turcos com direito a voto.
Com Lusa
  •  Eleições legislativas hoje na Turquia

    Mundo

    As assembleias de voto abriram hoje na Turquia para as eleições legislativas, as mais incertas desde 2002, com a possibilidade de o partido islamita AKP perder a maioria absoluta garantida em anteriores escrutínios.

  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15

    País

    Os fogos mais violentos começaram na Lousã, no distrito de Coimbra, e o cenário é desolador. Casas e empresas foram totalmente destruídas. Paulo Carvalho era dono de uma carpintaria, que foi reduzida a um monte de escombros.

  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10

    País

    As autoridades confirmaram a morte de oito pessoas no concelho de Vouzela. Agora é tempo de fazer o luto e tentar reerguer o que foi destruído pelo fogo. Os testemunhos emocionados dos moradores e do autarca relatam a destruição deixada pelas chamas. Custódia perdeu quase tudo. José teve de comprar um gerador para continuar a dar de beber às galinhas.

  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.