sicnot

Perfil

Mundo

Estado Islâmico está a vender meninas raptadas como escravas

As adolescentes raptadas pelo grupo extremista Estado Islâmico no Iraque e na Síria estão a ser vendidas como escravas "por tão pouco como um maço de cigarros", denunciou hoje a enviada da ONU para violência sexual.

© Thaier Al-Sudani / Reuters

Zainab Bangura visitou o Iraque e a Síria em abril e desde então tem estado a trabalhar num plano de ação para abordar a horrível violência sexual levado a cabo por aquele grupo extremista.

"Esta é uma guerra que está a ser travada no corpo das mulheres", disse em entrevista à agência noticiosa AFP Zainab Bangura.

A enviada da ONU falou com mulheres e meninas que escaparam de áreas controladas pelo grupo Estado Islâmico, reuniu-se com líderes religiosos e políticos locais e visitou campos de refugiados na Turquia, Líbano e Jordânia.

Os elementos do grupo fazem mercados para vender como escravas meninas raptadas durante as ofensivas, mas não existem dados sobre o número de pessoas escravizadas pelo Estado Islâmico.

"Eles sequestram e raptam mulheres quando ocupam novas áreas para terem novas meninas", afirmou.

As meninas são vendidas por "tão pouco como um maço de cigarros" ou por várias centenas ou milhares de dólares, sublinhou.

Segundo a enviada da ONU, as meninas são levadas e trancadas em quartos ou casas, despedidas e lavadas.

Depois, são apresentadas aos clientes que decidem quanto elas valem.

Na entrevista, Bangura deu o exemplo de uma menina de 15 anos que foi comprada por um homem de 50 anos que lhe mostrou uma arma e um pau e lhe perguntou qual dos dois objetos escolheria.

"A menina escolheu a arma e o homem disse que não a tinha comprado para ele se matar. A seguir violou-a", contou.

O rapto de meninas tornou-se uma parte estratégica do grupo Estado Islâmico para recrutar combatentes estrangeiros, que têm chegado ao Iraque e a Síria em número recorde nos últimos 18 meses.

"Com isto eles conseguem atrair jovens homens, porque dizem que têm mulheres virgens para eles se casarem", explicou, salientando que os combatentes estrangeiros são a espinha dorsal da luta.

Um relatório da ONU refere que quase 25 mil combatentes estrangeiros de 100 países estão envolvidos nos conflitos na Síria e no Iraque.

A enviada da ONU acusa o grupo extremista Estado Islâmico de práticas medievais no abuso de mulheres e meninas e que querem construir uma sociedade que reflita o século XIII.










Lusa
  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17