sicnot

Perfil

Mundo

Freiras resgatadas após três dias presas num elevador em Roma

Duas freiras foram resgatadas na segunda-feira de um elevador em Roma após terem ficado presas durante três dias sem comida nem água, noticia hoje a BBC.

© Stefano Rellandini / Reuters

As religiosas, uma com 69 anos, da Nova Zelândia, e outra de 58, da Irlanda, ficaram presas na sexta-feira no elevador do convento Marista, em Roma, devido a uma falha de energia.  

Os gritos de socorro das mulheres não foram ouvidos porque durante o fim de semana não se encontrava ninguém no edifício, refere a imprensa italiana. 

Foram detetadas na segunda-feira de manhã depois de o empregado de limpezas ter chamado a polícia porque a ninguém lhe abria a porta após ter tocado a campainha, o que achou estranho. 

"Sim, estamos aqui, no elevador", responderam as mulheres quando a polícia, após entrar no convento, perguntou se estava alguém, relata o jornal italiano Il Messaggero.

"Nós rezámos imenso enquanto estavamos presas", acrescentaram as religiosas, que foram transportadas para um hospital nas imediaçõe,s onde receberam tratamento para a desidratação.

O convento de freiras Marista recebe em Roma todos os religiosos em missão pelo mundo. 


Lusa

  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01