sicnot

Perfil

Mundo

Maioria dos cidadãos quer acordo vinculativo face a alterações climáticas

O aquecimento global preocupa cerca de 80 por cento dos cidadãos do planeta e 67% querem um acordo internacional vinculativo para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, indica uma sondagem divulgada hoje.

Marcio Jose Sanchez

Mais de 10.000 pessoas de 75 países participaram no estudo realizado pela World Wide Views Alliance com apoio da ONU e da França, em cuja capital decorre no final do ano a Cimeira do Clima.

A sondagem foi apresentada na sede da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas em Bona (Alemanha) no âmbito das reuniões que decorrem desde o princípio do mês sobre o acordo internacional para substituir a partir de 2020 o protocolo de Quioto para redução da emissão de gases com efeito de estufa.

O inquérito revela que a preocupação com a questão do aquecimento global é geral, tanto nos países do norte como nos do sul, indicando que mais de 90% dos cidadãos crê que o acordo de Paris deve incluir o objetivo de "zero emissões" no final do século.

Em relação à obrigatoriedade do cumprimento das metas, 67% dos inquiridos defende que o acordo seja vinculativo para todos os países, enquanto 17% considera que só deve ser vinculativo para os países desenvolvidos e para os emergentes e 10% crê que o cumprimento deve ser voluntário.

A grande maioria (79%) pensa que o seu país deve estabelecer metas de redução das emissões mesmo que outros países não o façam.

São também muitos (78%) os que consideram que as maiores economias deveriam contribuir com mais do que se comprometeram para o Fundo Verde da ONU, que deve ter uma dotação anual de 100.000 euros a partir de 2020 para apoiar os países mais vulneráveis às alterações climáticas, ascendendo a 85% os que apontam para a responsabilidade dos privados na realização dos objetivos.

Entre as medidas mais relevantes para reduzir os gases com efeito de estufa, 77% dos inquiridos defende a importância dos programas educativos sobre o clima e em segundo lugar a proteção das florestas tropicais.

Lusa
  • Nomeados para os Óscares são anunciados hoje

    Óscares 2017

    As nomeações para a 89ª. edição dos Óscares, os prémios da Academia norte-americana de cinema, são conhecidos esta terça-feira e pela primeira vez o anúncio será feito apenas via Internet. Para ver também aqui em direto, na SIC Notícias, a partir das 13:00.

    Aqui às 13:00

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • "Todo o mundo no voo estava a orar em voz alta"
    4:00
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Governo avança com plano para a utilização da bicicleta

    País

    O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, anunciou esta seguda-feira em Caminha a elaboração, este ano, de um Plano Nacional para a Promoção da Bicicleta e Outros Modos de Transporte Suaves para estimular a utilização daquele meio de transporte.