sicnot

Perfil

Mundo

Strauss-Kahn absolvido de lenocínio

A justiça francesa absolveu hoje o ex-diretor do FMI Dominique Strauss-Kahn da acusação de organizar orgias com prostitutas.

Michel Spingler

Strauss-Kahn era acusado de proxenetismo agravado e de ser o principal beneficiário e instigador de festas libertinas. 

O antigo diretor do Fundo Monetário Internacional foi julgado no tribunal de Lille, em França.

Dominique Strauss Khan alegava que os encontros eram festas. As mulheres que participaram assumiram que eram prostitutas e afirmaram que não estavam a divertir-se. 

O tribunal acabou por absolver Strauss-Khan de todas as acusações.

O julgamento por proxenetismo começou quatro anos depois do escândalo ocorrido num hotel em Nova Iorque, onde foi acusado de violar uma empregada daquela unidade hoteleira, em 2011.
  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.