sicnot

Perfil

Mundo

Strauss-Kahn conhece hoje sentença

Está agendada para hoje, em Lille, França, a leitura da sentença de Dominique Strauss-Kahn por acusações de proxenetismo agravado.

© Tobias Schwarz / Reuters

O antigo diretor do FMI, Dominic Strauss-Kahn, aguarda a decisão dos juízes.

É acusado de proxenetismo agravado e de ser o principal beneficiário e instigador de festas libertinas. 

Dominique Strauss-Kahn pode apanhar uma pena de 10 anos de prisão e uma multa de 1,5 milhões de euros.

O julgamento por proxenetismo começou quatro anos depois do escândalo ocorrido num hotel em Nova Iorque, onde foi acusado de violar uma empregada daquela unidade hoteleira, em 2011.

O julgamento envolve mais 13 arguidos. Dominique Strauss-Kahn negou conhecer dois dos principais acusados.

"Ele é um libertino, não amante de prostitutas, e não tinha conhecimento da qualidade das jovens mulheres que participaram nas noites", afirmou a defesa do antigo ministro das Finanças francês.