sicnot

Perfil

Mundo

Manuela Carmena tomou posse como presidente da autarquia de Madrid

Manuela Carmena, uma juíza reformada  de 71 anos, foi proclamada hoje presidente da autarquia de Madrid, por maioria absoluta, ao contar com o apoio da sua plataforma partidária, Ahora (Agora) Madrid e dos socialistas. 

© Juan Medina / Reuters

No total, a nova autarca, candidata do movimento Podemos, conseguiu 29 votos de um total de 57 dos membros que formam o governo municipal e derrotou o domínio do Partido Popular (PP) na capital espanhola desde há 24 anos.

Manuela Carmena tomou posse como nova responsável por Madrid pelas 11:30 locais (10:30 de Lisboa).

A candidata del PP, Esperanza Aguirre, somou os apoios dos socialistas ao seu próprio movimento, após as eleições do passado dia 24.

Os votos foram introduzidos numa urna e lidos em voz alta, com o anúncio da vitória de Manuela Carmena a ser recebido, nomeadamente pelos líderes do Podemos Pablo Iglesias, Íñigo Errejón e Juan Carlos Monedero, com aplausos e os gritos "Sim, pode-se".

Manuela Carmena já tinha dito que um dos seus primeiros passos vai ser o de procurar impedir que as pessoas caiam na situação de sem abrigo, através da prevenção dos despejos ou, se isto não for possível, da disponibilização de alojamento alternativo.  

Também prometeu atacar a corrupção, desenvolver o transporte público, aumentar subsídios para as famílias pobres e cortar o salário de presidente da Câmara em mais de metade do valor atual e passá-lo para 45 mil euros. 

Logo a seguir à eleição, Carmena escreveu na rede social Twitter: "já está. Muito obrigada. Agora somos todos e todas autarcas".

O Ahora Madrid, nascido do movimento de protesto designado 'Indignados', que apareceu durante a crise económica em Espanha, ficou em segundo lugar nas eleições autárquicas de 24 de maio, seguido pelos socialistas. 

Carmena, que na sua juventude se opôs ao regime de Francisco Franco, era desconhecida na capital de Espanha antes de fazer campanha com base na promessa de fazer da luta contra a desigualdade económica uma prioridade. 

A sua plataforma Ahora Madrid, uma coligação de partidos de esquerda que foi apoiada pelo partido antiausteridade Podemos, que abalou a polícia espanhola, obteve 31,8% dos votos, o que lhe deu 20 lugares na autarquia. 

Ficou assim a apenas um lugar do Partido Popular, que candidatou a antiga ministra Esperanza Aguirre.

O novo partido, de centro-direita, Ciudadanos (Cidadãos) conseguiu sete lugares, que foram insuficientes para manter os populares no poder local, uma vez que os socialistas têm nove eleitos. 


Lusa
  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

    Em desenvolvimento

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lages
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twiiter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.