sicnot

Perfil

Mundo

Japão inventa equipamento para detetar doenças através da respiração

Uma empresa de Tóquio desenvolveu um protótipo de uma máquina para detetar doenças através da respiração, um dispositivo que pode permitir, no futuro, a realização de diagnósticos de forma mais rápida e simples.

reuters

O protótipo, concebido pela empresa Nihon Dempa Kogyo em colaboração com a Universidade de Kitakyushu, já conseguiu identificar com êxito a cirrose hepática, ao detetar amoníaco na respiração das pessoas que sofriam dessa doença, segundo o jornal Nikkei.

O sistema recorre a "oscilares do quartzo", cujos elétrodos são revestidos de membranas especiais.

Ao serem expostos aos gases presentes na respiração de uma pessoa e, mais tarde, a uma amostra de ar, os osciladores reagem, mostrando se uma determinada substância está presente ou não no hálito do indivíduo.

Segundo a empresa, a vantagem deste sistema de cristais de quartzo é que, ao contrário de outros métodos baseados em semicondutores ou sistemas microeletromecânicos que detetam gases a partir do odor, a sua sensibilidade é muito maior.

O objetivo é conseguir desenvolver o equipamento de modo a que o paciente possa soprar quase diretamente sobre os osciladores, o que permitiria um diagnóstico praticamente instantâneo, indica a empresa, salientando também os baixos custos de produção do equipamento.

  • "Vai ser uma batalha forte e dura"
    2:51
  • A tática dos 3 Rs de Carlos Queiroz
    1:58
  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.