sicnot

Perfil

Mundo

Jihadista Mokhtar Belmokhtar morto em bombardeamento na Líbia

O combatente islâmico argelino Mokhtar Belmokhtar terá sido morto num bombardeamento na Líbia por forças norte-americanas, segundo responsáveis líbios. Era acusado de liderar o ataque ao gasoduto de Amenas de há dois anos, no qual 800 pessoas foram feitas reféns e 40 morreram.

Arquivo reuters

Mokhtar Belmokhtar terá sido morto na cidade de Ajdabiya, no leste da Líbia, de acordo com um comunicado do Governo daquele país. Segundo os Estados Unidos, o jihadista foi, de facto, detectado e a operação "teve êxito", mas os detalhes do bombardeamento ainda estão a ser analisados.

Belmokhtar era procurado há já bastante tempo pelos Estados Unidos, que lançaram um programa de "recompensas  para a justiça", a quem encontrasse responsáveis da Al-Qaeda do Magrebe Islâmico (AQMI). 

Existente desde 1984, este programa consiste na oferta de dinheiro a  todo o informador que permita a detenção ou eliminação de indivíduos que  ameacem os interesses dos EUA.  

Para quem encontrasse Belmokhtar, um dissidente da AQMI que criou o seu próprio grupo  no final de 2012, estavam reservados cinco milhões de dólares (3,8 milhões  de euros). 

Nascido na Argélia, ganhou notoriedade no ataque ao gasoduto de Amenas de há dois anos, no qual 800 pessoas foram feitas reféns e 40 morreram.


  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    Em atualização

    SIC

  • Portugal perde 22 mil empregos por ano por causa da pirataria
    1:52

    País

    Todos os anos, Portugal perde cerca de mil milhões de euros e mais de 22 mil empregos por causa à pirataria. Hoje assinala-se o dia mundial da propriedade intelectual. Uma área que diz respeito a todas as formas de arte e, entre outras, ao jornalismo.